Um avião voa mais rápido para leste ou para oeste do Planeta Terra?

Será que a rotação do planeta influencia no tempo de voo? Se o país para onde estivermos indo estiver “vindo na direção do avião” devido a rotação do mundo, chegaremos mais rápido?
Foto: Reprodução InternetA rotação e as correntes de ar influenciam na velocidade e eficiência de um avião.
A rotação e as correntes de ar influenciam na velocidade e eficiência de um avião.

A Terra está constantemente em rotação, movimento esse que é um dos responsáveis pela nossa sobrevivência. Essa rotação acontece no sentido oeste para leste e acontece a uma velocidade de cerca de 1.600 km/h.

Quando pensamos em viajar de avião para outros lugares do mundo, será que a rotação do planeta influencia no tempo de voo? Se o país para onde estivermos indo estiver “vindo na direção do avião” devido a rotação do mundo, chegaremos mais rápido?

Apesar de parecer mais lógico que a resposta seja que viajar no sentido contrário da rotação da Terra torna a viagem mais rápida, esse pensamento está totalmente equivocado. O avião se desloca mais rápido quando acompanha o movimento rotacional do planeta.

Isso acontece pois, apesar de não estar no solo terrestre, o avião permanece na atmosfera da Terra e continua sofrendo os efeitos gravitacionais. Ao mesmo tempo que o destino da viagem está vindo na direção do avião, existe uma “força” que traz o avião de volta, fazendo com que seu deslocamento seja mais lento. Normalmente, a velocidade de uma aeronave comercial é aproximadamente 900 km/h. Quando a viagem segue o sentido contrário da rotação, essa velocidade cai para cerca de 675 km/h.

Outro fator que deve ser considerado são as correntes de jato, formados quando o ar frio encontra o ar quente. Esses jatos seguem a direção de rotação da Terra e se deslocam a uma velocidade que varia de 130 a 225 km/h.

Quando o avião segue o sentido de rotação terrestre, não precisa enfrentar uma “força contrária” e as correntes de jato ajudam a impulsionar a aeronave. Isso, inclusive, faz com que as companhias aéreas economizem combustível e tempo, e, consequentemente, dinheiro.

Um bom exemplo de como essa “teoria” funciona, são as escadas rolantes. Se você tentar subir em uma escada que faz movimentos de descida, você até conseguirá subir, mas irá demorar muito mais do que se estivesse na escada que faz o movimento inverso.

Saiba também: Como e quando foi a primeira viagem para o espaço?

Saiba também: Por que o tamanho da lua está diminuindo?

Se encontrar algum erro ou tiver alguma sugestão de curiosidade, entre em contato através da nossa fanpage no Facebook

FONTE: Dr. Curioso

Compartilhe este artigo:

Veja mais