Tamanho dos pés pode aumentar de forma permanente durante a gravidez

Segundo os autores da pesquisa, isso pode acontecer por causa do peso extra que as mulheres carregam durante a gestação.

A gravidez é um período da vida das mulheres que não é algo permanente, porém, traz mudanças para a vida da mãe que não podem ser “desfeitas”. Além de ter um novo amor em sua vida, a mulher ainda pode carregar algumas alterações físicas para sempre, como a cicatriz de uma cesariana. Uma alteração temporária que ocorre durante a gestação é o tamanho do cérebro da mulher, que diminui.

Os pés inchados são outro fato comum durante a gravidez e afetam praticamente todas as mulheres – boa parte também tem as pernas e tornozelos afetados por tal problema. A novidade é que, recentemente, um estudo descobriu que algumas mulheres permanecem com esse inchaço mesmo após o parto.

Pesquisadores revelaram que entre 60% e 70% das mulheres tiveram um aumento no tamanho dos pés durante a gestação, e eles não “voltaram ao normal” após o nascimento da criança. As novas medidas são permanentes. Entre as 49 mulheres que participaram do estudo, os pés aumentaram entre 2 e 10 milímetros. O estudo foi publicado na revista científica American Journal of Physical Medicine & Rehabilitation e foi coordenado pelo professor de ortopedia Neil Segal.

Foto: Site Sou MãeOs pés inchados são outro fato comum durante a gestação e afetam praticamente todas as mulheres.
Os pés inchados são outro fato comum durante a gestação e afetam praticamente todas as mulheres.

Segundo os autores da pesquisa, isso pode acontecer por causa do peso extra que as mulheres carregam durante a gestação. Os hormônios a mais que elas produzem aumentam a folga entre articulações e ligamentos, o que torna a estrutura maleável e torna possível esse aumento, suprindo a necessidade por causa do peso do bebê.

O estudo ainda indicou que a primeira gestação é a mais provável em que essas mudanças aconteçam. Segal ainda destacou que, talvez, essas mudanças ocorridas no corpo da mulher durante a gravidez podem ser as causadoras de dor e artrite nos pés, joelhos, quadril e coluna – o número de casos de pessoas afetadas por problemas osteomusculares é menor entre os homens. Porém, os pesquisadores ainda irão realizar diversos estudos para comprovar se tal teoria está correta ou se é apenas uma coincidência.

Ou seja, se você tem aquele sapato que servia perfeitamente antes da gravidez e agora ele fica apertado, sentimos informar, mas não foi o calçado que encolheu!

Aprenda também: Coisas que não devemos fazer ao visitar um recém-nascido

Se encontrar algum erro ou tiver alguma sugestão de curiosidade, entre em contato através da nossa fanpage no Facebook

FONTE: Dr. Curioso

Compartilhe este artigo:

Veja mais