Seis formas encontradas para evitar o desperdício de alimento

O desperdício de alimentos é algo que tem causado preocupação. Enquanto muitas pessoas passam necessidades, muitos alimentos vão para o lixo.

Provavelmente você já ouviu alguém falar que enquanto você reclama da comida, existem milhares de pessoas que não tem nada para comer. O desperdício de alimentos é uma das coisas mais comuns no mundo. Anualmente, cerca de 1,3 bilhão de toneladas de alimentos vão para o lixo. São restos de alimentos de restaurantes, frutas e verduras com aparência feia que ninguém quer comprar, entre outros.

Na mão das pessoas certas, toda essa comida é transformada em dinheiro. Algumas pessoas ao redor do mundo tem criado formas de reaproveitar esses alimentos, evitando o desperdício e gerando lucros. Confira seis formas de reaproveitar a comida que iria para o lixo.

1 – Produção de combustível

Através de um digestor anaeróbico, os alimentos são transformados em combustível, que servirá, por exemplo, para aquecer um ambiente em menos de 24h. Essa forma de gerar combustível tem sido muito adotada por hotéis e grandes empresas, pois funcionam perfeitamente com o sistema de aquecimento de biomassa.

2 – Preços baixos para frutas e legumes feios

Ninguém quer comprar frutas e legumes com uma aparência feia. Sempre que vamos ao mercado, priorizamos os mais bonitos, certo? Porém, empresas que se preocupam com o desperdício de comida e com o lado social têm ofertado esses itens com desconto de até 50%, e melhor, a venda acontece diretamente na porta das pessoas.

3 – Proteína de inseto e fertilizante

Usando comida podre, a start-up britânica Entomics planeja reproduzir e alimentar larvas de moscas, que serão usadas para alimentar peixes, aves e outros pequenos animais de estimação. Os alimentos podem também ser transformados em fertilizantes e em bio-óleo. Esse tipo de fertilizante é rico em nutrientes, sendo muito usado no plantio de soja, diminuindo assim a quantia de terra utilizada. Além de ser uma forma de reaproveitar os alimentos, ainda beneficia o meio ambiente.

4 – Criando chips e garrafas de cerveja

A start-up Fruit Spare transforma maças e peras com formatos indesejados em chips crocantes. Até hoje, a empresa já conseguiu utilizar 15 toneladas de restos dessas frutas. A empresa Rubies in the Rubble já evitou que 85 mil frutas fossem para os aterros, transformando elas em molhos e picles. Até na produção de garrafas de cerveja os restos de comida são usados. A cervejaria Toast Ale já fabricou mais de 60 mil garrafas de cerveja com as sobras de pães do Reino Unido – o país desperdiça 44% do pão produzido no local.

5 – Extração de pigmentos

Usando menos energia e menos produtos químicos, a empresa Celbius busca aperfeiçoar a extração de pigmentos e corantes de alimentos descartados. Os pigmentos servem tanto para dar cor aos produtos alimentares quanto para cosméticos.

6 – Aplicativo para encontrar ‘”novas casas” para os alimentos

Um aplicativo chamado Olio possibilita que alimentos sejam anunciados para doação, troca ou venda de sobras de comida. Um serviço similar também existe para que restaurantes anunciem refeições que normalmente iriam para o lixo, por um preço baixo. Graças a esses aplicativos, mais de um milhão de refeições deixaram de ir para o lixo em toda a Europa.

E você, tem alguma dica de como reaproveitar alimentos ou tem alguma “técnica” para evitar o desperdício? Conte para gente através do Fale Conosco ou através dos comentários.

Veja também: Pratos estranhos consumidos pelo mundo

Informações retiradas do site G1.com

Se encontrar algum erro ou tiver alguma sugestão de curiosidade, entre em contato através da nossa fanpage no Facebook

FONTE: Dr. Curioso

Compartilhe este artigo:

Veja mais