Qual o motivo para gostarmos tanto de chocolate?

Se você ama chocolate, descubra o motivo de ser apaixonado por esse doce!
Foto: Reprodução InternetChocolate
Chocolate

Podemos pensar em muitas opções para adorarmos chocolate. Mas, com certeza, a razão científica pra isso nem passa pela sua cabeça: o leite materno. Quando comemos chocolate, inconscientemente e de maneira que nem percebemos, nosso organismo resgata a lembrança do primeiro alimento que provamos após o nascimento. O principal responsável pela nossa paixão pelo chocolate é o cacau, matéria prima do produto.

O primeiro motivo que fará nosso cérebro se encantar com o chocolate se inicia durante o processo de produção.

Quando os grãos de são torrados, eles liberam um conjunto de compostos químicos, como o ácido 3-metil-butanoico, e moléculas de aroma, que quando misturados, formam um odor agradável ao nosso cérebro. O chocolate possui também substâncias químico psicoativas, como a anandamina, que estimula o cérebro da mesma forma que a cannabis. Ele também contém feniletilamina e tiramina, que tem efeitos parecidos com às anfetaminas.

Foto: Reprodução InternetChocolate

Outro motivo que agrada nosso corpo quanto ao chocolate é assim que o colocamos na boca. Por ele ter uma viscosidade cremosa, temos a sensação de quem ele rapidamente derrete na nossa língua, provocando uma sensação única de prazer. Para finalizar, a combinação que nos lembra o leite materno é o açúcar e a gordura. Raramente encontramos ambos juntos em grande quantidade em alimentos naturais, e ela está presente no chocolate.

É por essa combinação de fatores que nosso corpo recebe tão bem a ingestão de chocolate, pois proporciona a sensação de prazer e ainda nos remete à lembranças dos primeiros meses de vida.

Como é fabricado

Os principais ingredientes usados para a fabricação do chocolate são o leite, o açúcar e o cacau.

Para o cacau ser matéria prima para fazer o chocolate, ele passa primeiro por algumas etapas. Do cacau, são utilizadas as sementes. Elas são assadas, fermentadas e moídas. Os grãos primeiramente são transformados em uma espécie de licor. Esse licor, que é composto de manteiga de cacau e cacau em pó, tem essas substâncias separadas através de um processo específico. A parte sólida é transformada em um pó fino. Tendo em mãos o pó de cacau e a manteiga de cacau, é acrescentado os demais ingredientes, como o leite e o açúcar, e são colocados em formas, para que o chocolate endureça. Após esse processo, o chocolate passa pela temperagem, onde o chocolate sofre alternância de temperatura, o que faz com que ele endureça e não volte a derreter quando colocado em temperatura ambiente.

Foto: Reprodução InternetChocolate

Se encontrar algum erro ou tiver alguma sugestão de curiosidade, entre em contato através da nossa fanpage no Facebook

FONTE: Dr. Curioso

Compartilhe este artigo:

Veja mais