Qual o lugar mais quente do Planeta Terra?

O local mais quente do planeta é o deserto de Lut, que fica localizado no sudeste do Irã.

Sabe aquele calor de 38 graus que tanto reclamamos e achamos que não tem como ficar mais quente? Descobrimos que ele não é nada quando comparado ao lugar mais quente de todo o Planeta Terra.

O deserto de Lut, no Irã, é o local que mais faz calor no mundo. São 53 mil quilômetros quadrados de um calor que pode chegar aos 70°C. O deserto fica perto das fronteiras com o Paquistão e o Afeganistão, no sudeste do país.

Ele é o 25º maior deserto do planeta. Ele faz parte da lista de desertos com latitude média, como o deserto do Saara. Nessas regiões, as condições atmosféricas impedem uma precipitação regular.

Em persa, a região é chamada de Dasht-e-Loot, que significa “deserto do vazio”.

As altas temperaturas de Lut são resultado de sua geografia. O deserto é dividido em partes compostas por rochas vulcânicas – que absorvem muito calor – e outras partes são formadas por dunas de areia. Sua paisagem é árida, com colinas de fragmentos de rocha que o vento teve o trabalho de esculpir.

Foto: Reprodução Elielson PhotoDeserto de Lut

Na parte oriental do deserto, podemos encontrar um planalto baixo coberto de sais. Já a parte central do Lut é formada por dunas e cristas, que podem ter mais de 70 metros de altura. O sudeste é definido por uma vasta extensão de areia com dunas de mais de 300 metros de altura.

O vento forte que tem no deserto contribui com o calor, e, segundo o cientista Amir AghaKouchak, esse vento funciona como um gigante secador de cabelos.

Nesse deserto, é possível encontrar algumas espécies de animais, como insetos, répteis e raposas do deserto. Porém, nenhum tipo de vegetação. Alguns desses animais, não são encontrados em outros lugares do mundo.

A partir do ano de 2016, o local passou a ser considerado Patrimônio da Humanidade pela Unesco. A instituição o incluiu nessa lista durante a 40ª  reunião do Comitê do Patrimônio Mundial da Unesco, que aconteceu na Turquia.

Se encontrar algum erro ou tiver alguma sugestão de curiosidade, entre em contato através da nossa fanpage no Facebook

FONTE: Dr. Curioso

Compartilhe este artigo:

Veja mais