Qual o lago mais salgado do mundo?

Se você gosta de água extremamente salgada, vai adorar esse lago!

Normalmente, quando pensamos em rios e lagos, sempre pensamos em água doce. Quando pensamos em água salgada, o que nos vem na memória é o mar, os oceanos, as praias. Porém, existem alguns lagos em nosso planeta onde a salinidade da água é extremamente alta, podendo superar a quantia de sal encontrada, inclusive, no mar.

Quando pensamos em água muito salgada, lembramos logo do famoso Mar Morto, que virou ponto turístico. São muitos os curiosos que desejam conhecer suas águas e ver de perto a presença do sal no mar. Sem falar na curiosidade de entrar na água e não afundar nunca!

Porém, vamos falar de lagos! O lago mais salgado que existe em nosso planeta, é o Lago Don Juan. Ele fica localizado na Antártida, na região dos Vales Secos. Ele foi descoberto em 1961, entre geleiras e montanhas.

A temperatura de sua água é de cerca de 30 graus negativos e sua profundidade, na grande maioria do lago, é de apenas 10 centímetros. Seu comprimento é de aproximadamente 300 metros e sua largura, cerca de 100 metros. Além de seu sal extremo, a curiosidade quanto ao lago já começa pelo fato de ele nunca congelar, mesmo com a baixíssima temperatura. Mas a explicação para esse fenômeno é a quantia de sal presente na água.

Para termos ideia do quão salgada é a água desse lago, vamos a um comparativo: no Mar Morto, o mais salgado dos mares, o sal equivale a 23% do peso da água. No Lago Don Juan, o sal chega a 40% do peso da água existente no lago.

A orla do lago é coberta por cristais de cálcio e sal e a aparência do local é inóspita e com ar bastante seco. Apesar das condições nada favoráveis, há vida no local. Em 1976, biólogos descobriram organismos com até 200 mil anos vivendo no lugar, como algas, fungos e bactérias.

Veja também: Quais os maiores rios do mundo?

Foto: Reprodução InternetLago Don Juan

Se encontrar algum erro ou tiver alguma sugestão de curiosidade, entre em contato através da nossa fanpage no Facebook

FONTE: Dr. Curioso

Compartilhe este artigo:

Veja mais