Qual a vantagem para a Rússia apoiar o presidente da Síria?

A Síria vive uma guerra civil desde 2011.

A Rússia é a principal aliada da Síria e apoia o regime instituído pelo presidente sírio Bashal Al-Assad. Nos últimos anos, tem lutado ao lado do governo contra os rebeldes sírios, contribuindo para uma guerra que parece não ter fim. Mas, qual a vantagem que os russos têm em apoiar a Síria? De maneira resumida, se tratam de motivos políticos e econômicos.

Desde que a Síria conquistou sua independência, as relações com a União Soviética ficaram cada vez mais estreitas e Damasco se tornou um dos principais clientes da indústria de armamentos russa. É na Síria que se encontra a base militar de Tartus, a única base russa no Mar Mediterrâneo. Além disso, o Mar Mediterrâneo é uma das poucas saídas para o mar que a Rússia tem, o que se torna mais um motivo para o país manter essa relação de forma estratégica.

Outro fator importante para explicar esse apoio é a relevância internacional. A guerra na Síria é um assunto que preocupa as principais nações e comove o mundo inteiro devido à gravidade da situação. Dessa maneira, a Rússia pode usar esse apoio como forma de recuperar sua relevância no cenário internacional e pode se tornar a maior influência em negociações com a Síria. O presidente russo, Vladimir Putin, também vê nessa aliança um forte instrumento para combater o Estado Islâmico, o maior e principal causador de ataques terroristas nos últimos anos. Além dos ataques pelo mundo, o Estado Islâmico aproveitou a guerra síria para avançar sobre o território do país.

A guerra na Síria

A guerra teve início em 2011, quando os cidadãos sírios iniciaram uma série de protestos contra o regime autoritário do presidente da Síria, Bashal Al-Assad. O governo respondeu aos protestos de maneira violenta e, com isso, iniciou-se uma guerra civil. Desde o início dos conflitos, quase 500 mil pessoas já morreram em decorrência da guerra e milhões de civis sírios já se tornaram refugiados, em uma tentativa de fugir com vida. Os conflitos, que ficam mais intensos a cada dia, não aparentam ter uma solução tão cedo.

*As informações foram retiradas de matérias disponibilizadas pela GloboNews e G1.com

Se encontrar algum erro ou tiver alguma sugestão de curiosidade, entre em contato através da nossa fanpage no Facebook

FONTE: Dr. Curioso

Compartilhe este artigo:

Veja mais