Quais os vulcões ativos mais perigosos do mundo?

Teria coragem de morar perto de algum vulcão? Veja agora os mais perigosos do mundo.

No Brasil, felizmente, não temos nenhum vulcão para perturbar a tranquilidade de nosso país. Mas, essa não é a realidade de muitos lugares do nosso planeta. Muitos vulcões estão adormecidos há milhares de anos, outros estão ativos e podem entrar em erupção a qualquer momento. Estima-se que em todo o mundo existam mais de 1.500 vulcões.

Os vulcões se formam a partir da movimentação das placas tectônicas. Quando elas se movem, elas deixam aberturas por onde poderá, futuramente, sair o magma que fica em camadas profundas da Terra, entre a crosta e a manta.

Veja agora os 7 vulcões ativos mais perigosos do mundo.

1 – Caldeira de Yellowstone: Ele fica no Parque Nacional de Yellowstone, noroeste do estado de Wyoming, nos EUA e é um supervulcão. Sua cratera tem 90 km de extensão. A última erupção desse vulcão aconteceu há 640 mil anos. Ele é considerado um supervulcão por ter capacidade para produzir uma erupção com material vulcânico sendo ejetado superior a 1.000 km³. Sua erupção acabaria facilmente com o oeste dos EUA, porém, pesquisadores garantem que a próxima explosão desse vulcão só deve acontecer daqui há cerca de 2 milhões de anos.

Foto: Reprodução InternetCaldeira de Yellowstone

2 – Monte Vesúvio: É o maior vulcão ativo da Itália. Ele fica localizado no sul do país, no golfo de Nápoles e tem 1.281 metros de altura. No ano de 79 d.C. a erupção do Monte Vesúvio causou a destruição das cidades de Pompéia e Herculano, na Roma. Sua última erupção foi em 1944, e é o único vulcão da Europa Continental a entrar em erupção nos últimos 100 anos. Nos arredores desse vulcão vivem aproximadamente 3 milhões de pessoas.

Foto: Reprodução InternetMonte Vesúvio

3 – Popocatépetl: Ele está localizado no México Central e é parte do Parque Nacional Izta-Popo Zoquiapan. Desde 1519, ele já entrou em processo de erupção mais de 20 vezes, e sua última erupção aconteceu no ano de 2013. É o segundo vulcão mais alto do México, tendo 5.426 metros de altitude, menor somente que o vulcão mexicano Pico de Orizaba. Seu pico é coberto de gelo.

Foto: Reprodução InternetPopocatépetl

4 – Sakurajima: Esse vulcão fica na Província de Kagoshima, sul do Japão. Ele ficava em uma ilha, porém, após uma erupção em 1914, a lava resultou na ligação da ilha com a Península de Osumi. Nos últimos 50 anos, mais de 7.500 erupções foram registradas. Ele está constantemente em atividade, expelindo grandes quantidades de cinzas vulcânicas em seu arredor. O Sakurajima possui 1.117 metros de altura.

Foto: Reprodução InternetSakurajima

5 – Galeras: Ele é um dos 38 vulcões existentes na Colômbia e fica ao sudoeste do país, próximo ao Equador, no pico da Cordilheira dos Andes. Estima-se que ele é um vulcão que está ativo por pelo menos 1 milhão de anos. Sua altura atinge os 4.276 metros.

Foto: Reprodução InternetGaleras

6 – Monte Merapi: Ele fica na Ilha de Java, na Indonésia. Ele possui 2.968 metros de altura. A última erupção aconteceu em 2010 e causou a morte de 304 pessoas. Esse vulcão produz o maior fluxo de lava do mundo e seu nome significa ‘montanha de fogo’.

Foto: Reprodução InternetMonte Merapi

7 – Monte Nyiragongo – Ele fica nas Montanhas Virunga, na República Democrática do Congo e é o vulcão mais ativo da África. A cratera principal fica a 250 metros de profundidade, a 2 quilômetros da borda e sua altitude é de 3.470 metros. Sua última erupção aconteceu em 2002 e 147 pessoas morreram. O vulcão é conhecido por ter um lago de lava semi-permanente.

Foto: Reprodução InternetMonte Nyiragongo

Se encontrar algum erro ou tiver alguma sugestão de curiosidade, entre em contato através da nossa fanpage no Facebook

FONTE: Dr. Curioso

Compartilhe este artigo:

Veja mais