Quais os tipos de sal que existem?

Existem diferentes tipos de sal, cada um com suas características. Confira.

Assim como a água, o sal é um recurso encontrado em abundância na natureza. Além de ser o principal tempero dos alimentos, o sal também é fundamental para a nossa saúde. Na alimentação, ele realça o sabor dos alimentos e nos supermercados ele pode ser encontrado em algumas variedades.

O sal, que é o cloreto de sódio, é um eletrólito que facilita a condução da eletricidade pelo nosso corpo e faz com que nossas células, músculos e sistema nervoso funcionem perfeitamente. Quando consumido em excesso, o sal é prejudicial a nossa saúde, pois contribui para o desenvolvimento de doenças renais e cardiovasculares e aumenta a pressão arterial.

Os tipos de sal que estão disponíveis para serem consumidos pelo ser humano são:

Sal de cozinha (refinado): Esse tipo de sal é o mais comum e consumido pela população. A maioria dos fabricantes acrescenta iodo em sua composição, por ser um mineral que ajuda no combate de algumas doenças, por isso tem esse nome. Também possui altas quantidades de sódio.

Foto: Reprodução internetSal de cozinha

Sal grosso: Tem a mesma composição do sal de cozinha, porém não é refinado. É muito utilizado para temperar carnes de churrasco.

Foto: Reprodução internetSal grosso

Sal temperado: É a mistura do sal grosso com outros temperos e ervas.

Foto: Reprodução internetSal temperado
Sal marinho: É obtido através da evaporação da água do mar. Ele é seco de maneira natural, ao sol. Por não passar por refinação, ele possui cristais maiores que o sal de cozinha e é mais saudável para a saúde, pois o processo de refinamento retira do sal muitos componentes benéficos para o nosso corpo. Ele tem minerais importantes para nossa saúde, como o magnésio, e ajuda na produção de enzimas, na formação dos ossos, na criação de esmaltes dos dentes e previne doenças cardíacas.
Foto: Reprodução internetSal marinho

Sal rosa do Himalaia: Como o próprio nome já diz, esse sal vem do Himalaia, encontrado nos pés das montanhas existentes no local. Ele é rosa devido aos minerais presentes em sua composição. É considerado o sal mais puro do planeta. Ele é mais saudável que o sal de cozinha comum, porém, também é mais caro.

Foto: Reprodução internetSal rosa

Sal kosher: Ele não é refinado, é maior que o sal de cozinha e tem formato irregular. Ele tem esse nome porque é usado para preparar a carne kosher (de acordo com as leis judaicas), pois consegue secar de maneira satisfatória o sangue das carnes. Ele não possui iodo em sua composição e costuma ser mais salgado que o sal de cozinha.

Foto: Reprodução internetSal kosher

Sal light: Ele foi criado para ser mais saudável que o sal comum. Sua composição é de 50% cloreto de sódio e 50% cloreto de potássio. Seu sabor é bastante suave e algumas pessoas o consideram amargo. Ele é ideal para pessoas hipertensas ou com problema de retenção de líquido, mas não deve ser consumido por pessoas com problemas renais. Como ele ajuda com a retenção de líquidos, indiretamente, o sal light ajuda na perda de peso.

Foto: Reprodução internetSal light

Sal negro: É um tipo de sal vulcânico e suas reservas naturais ficam na região central da Índia, onde também é conhecido por kala namak. Tem coloração escura e um sabor bastante forte devido à quantidade de enxofre que tem em sua composição. Seu gosto lembra uma gema de ovo. É muito solúvel e por isso é utilizado em receitas vegetarianas.

Foto: Reprodução internetSal negro

Sal líquido: É dissolvido em água mineral e utilizado em forma de spray, com a finalidade de temperar os alimentos de maneira uniforme. Tem um sabor suave por conter menos sódio que o sal comum.

Foto: Reprodução internetSal líquido

Se encontrar algum erro ou tiver alguma sugestão de curiosidade, entre em contato através da nossa fanpage no Facebook

FONTE: Dr. Curioso

Compartilhe este artigo:

Veja mais