Qual a história dos mascotes dos principais times de São Paulo?

Veja agora a origem e história de alguns dos principais clubes paulistas.

Tradicionalmente, todos os clubes de futebol possuem um mascote. Eles animam os jogos, interagem com a torcida – principalmente com as crianças e carregam muita história em sua existência. Os mascotes tem praticamente tanta importância como os escudos de cada clube. Os critérios utilizados para escolher esses personagens que irão representar os clubes são variados. Alguns resultam de apelidos e xingamentos sofridos no passado, outros representam alguma atividade da cidade do clube e alguns também são frutos da criatividade da torcida.

Vamos conhecer agora a origem dos mascotes dos principais times do estado de São Paulo.

Corinthians
Apesar de todos ligarem à imagem do Corinthians ao gavião, o mascote do time paulista é outro: o mosqueteiro. Ele surgiu em 1929 quando o time venceu seu primeiro amistoso internacional. O jornalista Thomas Mazzoni do jornal “A Gazeta”, descreveu a garra dos jogadores como a dos mosqueteiros, e o apelido foi adotado, assim como o mascote.

Foto: Reprodução Internetmascote corinthians
 

Ituano
O personagem do time de Itu é um galo com o uniforme do clube. Ele surgiu em 1957, quando o time ainda se chamava Associação Atlética Sorocabana e conquistou a Taça de Itu. Na ocasião, o muro do clube foi pintado com a frase “Galo de Itu”, e então surgiu a ideia de adotar o animal como mascote do time.

Foto: Reprodução InternetMascote Ituano

Palmeiras
O time possui dois mascotes: o periquito, que era o mascote oficial, e o porco, que foi adotado posteriormente como mascote. O periquito foi adotado em 1917, quando uniformes totalmente verdes começaram a ser usados pelos jogadores e também por sempre haver muitos periquitos voando nos bosques do Parque Antarctica. O porco surgiu nos anos 80, quando o time era chamado de porco de forma pejorativa. Como forma de debochar dos rivais que os chamavam assim, os palmeirenses adotaram o apelido e o mascote. Em 2016, o porco foi “promovido” a mascote oficial do Palmeiras.

Foto: Site do PalmeirasMascote palmeiras
 

Ponte Preta
A Macaca é o mascote oficial da Ponte Preta. A escolha do animal foi por ser um mascote diferente e por causa de fatos históricos do clube, como por exemplo, questões de preconceito racial. Outro motivo é por ela ser uma personagem bastante simpática, que encanta adultos e crianças.

Foto: Reprodução Internetmascote ponte preta
 

Santo André
O mascote do clube é o Ramalhão, em homenagem a João Ramalho, bandeirante que deu origem à cidade.

Foto: Reprodução InternetMascote santo andre
 

Santos
O personagem que representa o time do litoral paulista é uma baleia orca. O mascote surgiu em 1933, quando torcedores do São Paulo chamaram os santistas de peixeiros ou peixes podres, por causa da origem litorânea do Santos. Como resposta, os torcedores cantaram serem peixeiros com muito orgulho. A escolha da orca, é para demonstrar que assim como o animal marinho é temido nos oceanos, o time é temido pelos rivais.

Foto: Reprodução InternetMascote santos
 

São Paulo
O mascote do time é o Santo Paulo, conhecido pelos torcedores como “vovô tricolor”. Ele foi criado em 1940, por um colunista esportivo do jornal A Gazeta Esportiva. O nome foi escolhido Santo Paulo para que não fosse confundido com o nome do clube. Apesar de ele ter sido inspirado no discípulo Paulo – aquele que seguia Jesus –, a aparência do mascote é de um velhinho com barba e vestes brancas. O personagem agradou aos torcedores e foi adotado pelo time.

Foto: Site do SPFCmascote são paulo
 

Se encontrar algum erro ou tiver alguma sugestão de curiosidade, entre em contato através da nossa fanpage no Facebook

FONTE: Dr. Curioso

Compartilhe este artigo:

Veja mais