Quais os alimentos que mais causam alergia nas pessoas?

Existem oito alimentos que são considerados os que mais causam reações alérgicas.

Provavelmente você conhece pelo menos uma pessoa que tenha alergia a algum tipo de alimento, ou até mesmo essa pessoa seja você. As reações causadas por essas alergias são diversas: coceiras, inchaço, dor abdominal, bolhas na pele, entre muitas outras.

É importante lembrar que a alergia alimentar é diferente da intolerância alimentar, sendo a alergia uma reação do sistema imunológico a certos alimentos. O organismo entende que aquela comida é prejudicial ao organismo, e por isso libera substâncias químicas para combate-la.  

Foto: Reprodução InternetAlguns alimentos podem causar uma reação alérgica ao serem ingeridos.
Alguns alimentos podem causar uma reação alérgica ao serem ingeridos.

Qualquer alimento pode desencadear uma reação alérgica, até mesmo aqueles que já foram consumidos anteriormente. Porém, existem oito que são considerados os mais alérgicos. Confira:

Qual o alimento com mais vitaminas que existe?

- Amendoim: Esse alimento pode causar alergia mesmo quando a pessoa entra em contato com ele de forma indireta. Os sintomas alérgicos que ele apresenta são reações na pele, rinite, falta de ar, formigamento na boca e na garganta e problemas digestivos.

- Soja: Normalmente, ela afeta crianças, que conseguem superar o problema quando ficam mais velhas. Os sinais de uma alergia por soja são coceira na boca, urticária, inchaço, dor abdominal e vermelhidão na pele.

- Frutas secas: No caso desse alimento, a reação alérgica acontece devido a proteína encontrada nessas frutas, que normalmente são nozes, avelã, pistache, castanha de caju e sementes de girassol. Raramente uma pessoa alérgica a elas consegue ingeri-las sem problemas com o passar dos anos. Os sintomas são semelhantes aos dos demais alimentos.

- Leite: É comum de acontecer com crianças e normalmente desaparece depois dos 5 anos de idade. Ela tem como sintomas inchaço e coceira na boca, vômito, dificuldade de respirar e erupções cutâneas. Essa alergia pode causar anafilaxia e pode levar à morte.

- Ovos: Esse tipo de alergia também costuma desaparecer depois que a criança cresce e geralmente acontece quando o ovo é introduzido na dieta pela primeira vez. Os sintomas costumam ser leves e incluem congestão nasal, vômito, problemas digestivos e urticária. Quanto menos cozido o ovo estiver, maior a chance de causar uma reação alérgica.

- Peixe: Nas crianças, ele é o terceiro alimento mais alérgico. Os sintomas que aparecem nessa alergia são vômito e diarreia. Muitas vezes, a alergia pode ser específica para um tipo de peixe, como, por exemplo, o salmão. Porém, recomenda-se evitar todos os peixes, para evitar que novas reações possam acontecer.

- Mariscos (crustáceos e moluscos): Assim como no caso dos peixes, a pessoa pode ter alergia a somente um tipo ou a vários deles. É mais comum de acontecer no verão, pois esses animais absorvem veneno das algas que não são destruídos com o cozimento.

- Glúten: Os sintomas podem variar, mas normalmente são inchaço abdominal, náuseas, gases, vômito, constipação e diarreia. Essa alergia é uma reação imunológica ao glúten encontrado no trigo, centeio e cevada.

Alergia alimentar x Intolerância alimentar

Como já citamos, existe uma diferente entre ter uma reação alérgica a um alimento e ter intolerância a ele.

No caso da alergia, o corpo entende que a proteína existente em determinados alimentos é maléfica para o organismo, e libera substâncias para combate-la. Em contrapartida, o resultado dessa “proteção” é uma alergia com sintomas bem desagradáveis.

Já a intolerância é quando existe a carência de uma enzima no organismo, responsável por processar determinados nutrientes presentes nos alimentos.

Veja também: 10 alimentos que ajudam no crescimento dos cabelos

Se encontrar algum erro ou tiver alguma sugestão de curiosidade, entre em contato através da nossa fanpage no Facebook

FONTE: Dr. Curioso

Compartilhe este artigo:

Veja mais