Por que o peixe-leão é uma ameaça para os Oceanos?

Dona de um ataque rápido e mortal, a espécie é considerada um grande perigo para o ecossistema marinho.

O peixe-leão é um dos animais aquáticos mais bonitos e também venenosos. Seu nome imponente combina com sua aparência, que se destaca no meio dos demais peixes. Porém, a espécie está causando preocupações para o meio ambiente, pois é considerada um predador invasor.

Foto: Reprodução InternetO peixe-leão é uma espécie invasora, que tem ameaçado o equilíbrio da vida marinha.
O peixe-leão é uma espécie invasora, que tem ameaçado o equilíbrio da vida marinha.

Os ataques desse peixe são extremamente rápidos, o que faz com que as presas não tenham chance de defesa e também que ele quase não seja ameaçado por outros animais. Com isso, há um risco real de que, em pouco tempo, o peixe-leão (Pterois volitans) cause um desequilíbrio ecológico no Oceano Atlântico.

Em um estudo publicado no Marine Ecology Progress Series, cientistas relataram como esse animal faz seus ataques. O peixe-leão lança um jato de água a partir da boca e engole as vítimas por inteiro.

“É na verdade bem difícil descrever como um peixe-leão se alimenta, pois ele o faze em um segundo”, afirmou Kristen Dahl, pesquisador da Universidade da Flórida, ao portal Live Science.

É por causa de sua agilidade e também ao fator surpresa que ele tem sido considerado um predador de sucesso. Por ser uma espécie criada em aquários, a grande maioria dos animais marinhos não está habituada com o peixe-leão e, por isso, não consegue identificar a ameaça que ele representa.

Para chegar até o oceano, essa espécie conta com a ajuda de pessoas irresponsáveis (ou que acham que estão ajudando os animais). De acordo com a Administração Oceânica e Atmosférica Nacional, nos últimos 25 anos, muitos donos desses animais foram flagrados despejando-os no Oceano Atlântico.

Desde então, a espécie tem se espalhado rapidamente nos mares. Numa tentativa de evitar o desequilíbrio ambiental, muitos cientistas e empresas estão buscando meios de contar esse peixe. Armadilhas já foram criadas para capturar esses animais, muitas delas baseadas em inteligência artificial, que consegue detectar a presença do peixe-leão.

Muitos mergulhadores da Fish and Wildlife Conservation Commission, organização governamental dos EUA, tem passado o dia inteiro embaixo d’água, fazendo a remoção desses animais.

Apesar dos resultados estarem sendo positivos e o número de animais na natureza estar sob controle, os pesquisadores alertam que é preciso colaboração por parte da população.

“Os encontros são uma ótima oportunidade para educar as pessoas sobre o peixe-leão e o perigo de soltá-los do aquário até à natureza”, afirmou Dahl.

Foto: Reprodução InternetO peixe-leão é uma espécie venenosa, que ataca suas presas rapidamente.
O peixe-leão é uma espécie venenosa, que ataca suas presas rapidamente.

Se encontrar algum erro ou tiver alguma sugestão de curiosidade, entre em contato através da nossa fanpage no Facebook

FONTE: Dr. Curioso

Compartilhe este artigo:

Veja mais