Por que o natal na Rússia é comemorado em janeiro?

Foi após a Revolução Russa de 1917 que o natal russo passou a ser diferente do resto do mundo.

Ao contrário do que para nós, brasileiros, é normal, o natal na Rússia é comemorado em janeiro, depois do ano novo. Os russos comemoram o natal no dia 7 de Janeiro por que a Igreja Ortodoxa russa utiliza o calendário juliano, conhecido como “estilo antigo”, que em relação ao calendário gregoriano está atrasado 13 dias.

Foi após a Revolução Russa de 1917 que o natal russo passou a ser diferente do resto do mundo, pelo fato de as celebrações religiosas serem banidas durante o regime socialista. Como as árvores natalinas eram proibidas passaram a serem Árvores do Ano Novo, mas elas possuem os mesmos detalhes da nossa árvore de natal.  

As tradições do natal, árvores enfeitadas, reuniões familiares e trocas de presentes passaram fazer parte da celebração do ano novo.

Foto: Reprodução InternetNatal

O papai noel é inexistente no natal russo. Os russos pensam no nascimento de Jesus e esperam pela sua volta.  Na Rússia, Ded Moroz é conhecido por trazer presentes para as crianças. 

Como no nosso natal, os russos também se reúnem em família para cear e conversar, suas festas possuem uma decoração bem religiosa, com incensos, velas e muitas luzes. Por ser uma festa religiosa pouco se bebe nessa data, muitos familiares vão à igreja para agradecer por este dia que é tão especial.

Foi em 1990 com a queda do regime comunista que o natal passou a ser oficial na Rússia, recentemente começou ganhar espaço. Lembrando que o Ano Novo ainda é a data mais importante para os Russos.

Se encontrar algum erro ou tiver alguma sugestão de curiosidade, entre em contato através da nossa fanpage no Facebook

FONTE: Dr. Curioso

Compartilhe este artigo:

Veja mais