Por que existe o dia do silêncio?

Ficar em silêncio pode ser uma missão difícil para algumas pessoas, porém, a ausência dos sons pode fazer bem para nossas vidas.

Hoje, dia 07 de maio, é o dia do silêncio. Sim, esse dia existe! Pode parecer piada, mas não é. Estar totalmente em silêncio hoje em dia é quase impossível, a menos que você esteja em algum local isolado ou em uma pequena cidade do interior.

Mas, o que é o silêncio? De maneira resumida, ele é a ausência de sons, ruídos ou falas que nossa audição consegue captar. E, apesar de não dizer nada, as vezes, o silêncio pode “falar” e significar muitas coisas.

Os sons, ruídos e barulhos estão presentes em nossas vidas diariamente e durante todo o tempo. Desde o momento de nosso nascimento, o som é conhecido de nosso corpo. Aliás, quando nascemos, o som de nosso choro é o primeiro indicativo que de saímos do ventre de nossas mães vivos e com a saúde necessária para conhecermos o mundo.

Estamos cercados por sons, sejam eles de carros, televisões, sons de animais, pessoas falando, aparelhos eletrônicos e diversas outras coisas que emitem barulho. O momento em que mais chegamos próximo ao silêncio absoluto é, provavelmente, durante a noite, quando estamos dormindo.

Porém, ficar em silêncio faz bem para nossa vida e nossa mente, nos faz refletir sobre nós mesmos e sobre a vida ao nosso redor, e é por isso que a ausência de sons tem um dia especial no calendário.

A data foi criada para que, através do silêncio, possamos pensar a respeito de nossas vidas e buscar a paz interior, relaxar e descansar e, também, para conscientizar as pessoas de que os sons em excesso também são uma forma de poluição. A poluição sonora diminui nossa qualidade de vida, pois prejudica nossa audição e contribui para a falta de concentração e para o aumento do estresse.

Se você quer comemorar o dia do silêncio mas não sabe como, a forma para comemorar essa data é simples: basta você tirar algum tempo do seu dia para meditar ou simplesmente ficar quietinho no seu canto, longe de todos os ruídos que já acompanham sua vida todos os dias.

O filósofo estadunidense William James definiu a importância do silêncio em uma frase: “o exercício do silêncio é tão importante quanto a prática da palavra”.

Foto: Reprodução InternetSilêncio

Se encontrar algum erro ou tiver alguma sugestão de curiosidade, entre em contato através da nossa fanpage no Facebook

FONTE: Dr. Curioso

Compartilhe este artigo:

Veja mais