Por que as pessoas não afundam no Mar Morto?

Um dos locais citados muitas vezes na Bíblia, hoje o Mar Morto é conhecido por ser um lago onde não é possível afundar.

Quando as pessoas vão para a praia, uma das preocupações é tomar os cuidados necessários para não se afogarem. Quem não sabe nadar, facilmente afunda na água e pode ter sérios problemas. Porém, há um lugar onde essa preocupação é desnecessária. No Mar Morto, os banhistas boiam, pois não é possível afundar.

Isso acontece por causa da salinidade da água. A densidade da água do Mar Morto, que na verdade é um lago, é dez vezes maior que da água dos Oceanos. Com 30% de sais minerais em suspensão, a água se torna mais pesada que o corpo, o que faz com que ele boie. Ou seja: a grande quantia de sal que existe lá, faz com que os banhistas flutuem.

Para ter ideia do quanto a água do Mar Morto é salgada, basta analisar uma comparação: enquanto um litro de água dos oceanos possui 30 gramas de sal, a mesma quantia de água do lago tem de 280 a 350 gramas de sal.

A explicação para essa grande quantia de sal presente na água, é a localização em que esse lago fica. O Mar Morto possui 80 quilômetros de extensão e fica bem na fronteira entre Israel e Jordânia. Ele fica em uma região praticamente desértica, onde chove pouco.

Quando a água doce ou salgada atingem o Mar Morto, ela fica presa no lago, até evaporar. Quando o processo de evaporação acontece, ele deixa no lago os minerais salgados. Consequentemente, a água restante fica com uma concentração maior de sal.

Por causa da alta salinidade, não é possível encontrar vida marinha e nem algas no lago. O único habitante dessas águas é a Haloarcula marismortui, uma bactéria que consegue filtrar os sais para sobreviver nesse ambiente. Por isso, ele recebeu o nome de Mar Morto. Ele é o único local do planeta com tais características, o que faz com que ele seja um atrativo para turistas que visitam a região.

Foto: PixabayNo Mar Morto, os banhistas podem boiar, sem risco de afundarem.
No Mar Morto, os banhistas podem boiar, sem risco de afundarem.

Se encontrar algum erro ou tiver alguma sugestão de curiosidade, entre em contato através da nossa fanpage no Facebook

FONTE: Dr. Curioso

Compartilhe este artigo:

Veja mais