Por que a Muralha da China foi construída?

A edificação é Patrimônio Mundial da Unesco e uma das Sete Maravilhas do Mundo.

A Muralha da China, também chamada de Grande Muralha, é uma das Sete Maravilhas do Mundo e Patrimônio Mundial da Unesco. Como o próprio nome indica, ela fica na China e é um dos principais pontos turísticos do país, que é o dono também da maior ponte do mundo (eles gostam de grandes edificações!). Os muitos visitantes que são atraídos para o local todos os anos, se surpreendem com a grandiosidade da construção. 

Foto: Reprodução InternetMuralha da China.

Com sete metros de altura e quatro de largura, a Muralha da China possui 8.850 km de extensão, mas historiadores afirmam que ela era maior, tendo quase 22 mil quilômetros. Ela começa na Província de Gansu e termina no Golfo de Bohai, atravessando 11 províncias e duas regiões autônomas do país.

A construção da muralha foi uma ordem de Qin Shihuang, primeiro imperador chinês. Com a construção, ele queria mostrar que seu império estava consolidado e que a China era uma só nação. Antes de controlar todo o território, cada estado tinha sua própria muralha. Outro objetivo era a proteção do país, além de ocupar soldados e outros homens que ficaram sem trabalho com o fim da guerra.

A Grande Muralha levou centenas de anos para ser construída, demorando quatro dinastias para ficar pronta: Zhou (1046 a 256 a.C.), Qin (221 a 207 a.C.), Han (206 a.C. até 220 d.C.) e Ming (1368 a 1644). Por muitas vezes, as obras foram interrompidas por motivos variados.

Para que o enorme muro fosse levantado, mais de um milhão de pessoas trabalharam na construção. Com péssimas condições de trabalho e muitos riscos, aproximadamente 300 trabalhadores morreram.

Por ter sido usada também como um tipo de proteção militar, ao longo da extensão da Muralha, quase mil fortes estão interligados. Também são encontradas na edificação diversas janelas e troneiras, onde os canhões eram colocados. Plataformas e torres também foram construídas, pois tinham várias utilidades para os soldados.

O material usado para a construção da muralha varia de acordo com a localização, vista que ela foi construída em locais e épocas diferentes. Porém, no geral, ela é feita com tijolos de barro aquecido a 1150ºC (extremamente resistentes). A argamassa é constituída de barro e farinha de arroz.

Apesar de ser uma considerada uma das construções mais complexas e resistentes do mundo, a Muralha da China tem vários pontos onde está se deteriorando. Além disso, as reformas feitas na estrutura foram “mal feitas”, o que piorou a situação da edificação. Além disso, muitas pessoas depredam os muros e há indícios que muitos tijolos tenham sido furtados de diversas partes dela.

Veja também: Mirantes incríveis pelo mundo

Confira abaixo algumas fotos dessa surpreendente construção:

Foto: Reprodução InternetMuralha da China.
Foto: Fernanda Ezabella/FolhapressMuralha da China.
Foto: Blog do Juca/UOLMuralha da China.
Foto: Jornal GNNMuralha da China.
Foto: Blog JP Lugares Incríveis/Reprodução InternetMuralha da China.

Se encontrar algum erro ou tiver alguma sugestão de curiosidade, entre em contato através da nossa fanpage no Facebook

FONTE: Dr. Curioso

Compartilhe este artigo:

Veja mais