Por que a Holanda proibirá a criação de Pugs e outras raças de cães?

O motivo é evitar que animais com a síndrome braquicefálica sejam “colocados no mundo para sofrer”.

Os cães da raça Pug viraram um sucesso entre os animais de estimação há alguns anos. Sua aparência bastante exótica é considerada engraçada e fofa, conquistando o coração de muitas pessoas. Porém, na Holanda, em breve essa e mais 19 raças (como os Bulldogs) não poderão mais ser criadas. O governo do país decidiu cumprir rigorosamente uma lei, aprovada em 2014, que determina que esse tipo de animal reproduzido.

O motivo é evitar que animais com a síndrome braquicefálica sejam “colocados no mundo para sofrer”. Isto pois animais com tal condição patológica (possuem o focinho extremamente curto) podem ter problemas cardíacos e respiratórios considerados de alta gravidade.

Foto: Site PixabayO Pug está na lista de raças em que a criação está proibida na Holanda.
O Pug está na lista de raças em que a criação está proibida na Holanda.

As raças de cães e gatos a serem proibidas pelos holandeses estão sendo avaliadas e classificadas em uma escala de cores que são vermelho, laranja e verde.

Os animais que integram a lista vermelha são os que possuem focinho mais curto do que um terço do crânio, sendo esses a proibição imediata. Os cães da escala laranja têm focinho do tamanho de cerca de metade do crânio e podem ser criados, desde que algumas obrigações e critérios sejam cumpridos. Na classificação verde estão cães com o focinho equivalente a mais da metade do tamanho do crânio, sendo a reprodução deles permitida.

A decisão de colocar a Lei em prática foi iniciada pela ministra da Agricultura da Holanda, Carola Schouten. Os demais legisladores concordaram com tal ação após estudos feitos pela Universidade de Utrecht, que demonstraram o que muitas pessoas já sabem: cães com focinho curto demais são bastante propensos a problemas de saúde. O levantamento apontou que entre esses problemas estão incapacidade de fechar os olhos, dificuldade para respirar, dores de cabeça contínuas e superaquecimento.

Apesar da síndrome branquicefálica ter tratamento, as autoridades temem que o animal tenha seu sofrimento apenas amenizado, mas não extinto permanentemente.

Veja também: Qual a menor raça de cães de guarda do mundo?

Veja também: Quais ações são consideradas maus tratos aos animais?

Foto: Reprodução InternetAs raças de cães e gatos a serem proibidas estão sendo avaliadas e classificadas em uma escala de cores que são vermelho, laranja e verde.
As raças de cães e gatos a serem proibidas estão sendo avaliadas e classificadas em uma escala de cores que são vermelho, laranja e verde.

Se encontrar algum erro ou tiver alguma sugestão de curiosidade, entre em contato através da nossa fanpage no Facebook

FONTE: Dr. Curioso

Compartilhe este artigo:

Veja mais