Por que a grande maioria da população japonesa é magra?

A magreza dos japoneses é resultado de hábitos saudáveis, principalmente quanto a alimentação.

Você já deve ter reparado que, raramente, vemos um japonês obeso. Claro que não é impossível, mas é bastante difícil. O Japão é considerado o país mais magro do mundo, e também um dos países com maior média de longevidade, sendo de 82 anos a expectativa de vida da população. Mas, qual o motivo disso?

A resposta está na saúde das pessoas. A culinária do país costuma ser extremamente saudável e as pessoas costumam caminhar bastante, um ótimo exercício para mantermos nossa saúde em dia. A porcentagem da população obesa do país não chega nem a 5%, tendo apenas 1,5% de homens obesos e 1,8% de mulheres obesas.

A alimentação dos japoneses costuma ser bastante variada e moderada. Os únicos alimentos consumidos sem moderação são frutas, legumes e verduras. Para eles, a hora da alimentação é muito importante, e os pratos devem ser bastante coloridos. Você com certeza já deve ter ouvido falar que um prato com alimentos coloridos costuma ser um prato saudável.

Foto: Reprodução InternetJapão

Um dos alimentos que os japoneses quase não comem e que ajudam muito a ganhar peso é o pão. Ele é substituído por arroz cozido a vapor, inclusive no café da manhã. Outro alimento que é pouco consumido no país são os doces, bolos, sorvetes, tortas e demais delícias do gênero. Ao invés disso, eles comem frutas secas após as refeições, ficando as doçuras apenas para ocasiões especiais.

A quantia de comida ingerida em cada refeição é moderada. Segundo a cultura japonesa, a alimentação deve ser encerrada quando estamos 80% satisfeitos e não quando estamos de estômago cheio. Essa técnica é chamada de hara hachi bunme. Segundo estudos, ela é aplicada porque nosso cérebro leva cerca de 20 minutos para perceber que já comemos o suficiente.

O modo de preparar alimentos também costuma ser diversificado: os alimentos podem ser cozidos, refogados, ensopados, fritos, no vapor e cru.

O consumo de carnes, principalmente as carnes gordas, costumam ser substituídas por peixes e outros frutos do mar. E quando a escolha é a carne, ela não é o principal alimento do prato. Provavelmente abrir uma churrascaria no Japão não daria muito certo

 Outro fator que contribui bastante para o não ganho de peso são as bebidas. Refrigerantes são pouco consumidos, sendo que o costume principal é beber chá, principalmente o chá verde. Esse chá ajuda na digestão e é um forte aliado para combater o envelhecimento. O leite e também seus derivados é pouco consumido, fato que gera crítica por alguns nutricionistas, por ser um alimento rico em cálcio.

Para fechar a lista de bons hábitos, os japoneses costumam andar muito. Eles vão a pé para todos os lugares possíveis, o que os proporciona alguma atividade física – mesmo que não seja com o objetivo de emagrecer.

Foto: Reprodução InternetJapão

Se encontrar algum erro ou tiver alguma sugestão de curiosidade, entre em contato através da nossa fanpage no Facebook

FONTE: Dr. Curioso

Compartilhe este artigo:

Veja mais