Para que serve uma usina nuclear?

Veja como funcionam as usinas nucleares, grandes geradoras de energia.

Existem várias formas de produzir energia, e através de uma usina nuclear, é uma delas. As usinas nucleares são grandes instalações industriais que geram energia através de reações nucleares produzidas por elementos radioativos.

O primeiro teste nuclear realizado no mundo aconteceu no Deserto de Alamogordo, em 16 de julho de 1945.

Segundo a Associação Nuclear Mundial – WNA (sigla em inglês), atualmente, 14% da energia produzida no mundo é resultante das usinas nucleares. O maior parque nuclear do planeta fica nos EUA, com 104 usinas em operação.

Por causa da periculosidade desse tipo de usina, as usinas nucleares são construídas por um envoltório de contenção feito com ferro armado, concreto e aço, para proteger e impedir que o reator nuclear libere radiação para o meio ambiente. O urânio é o elemento mais usado para a produção desse tipo de energia, por se tratar de um elemento de baixo custo devido a grande quantidade existente.

Foto: Reprodução InternetUsina Nuclear

No Brasil, existem três usinas nucleares, todas em Angra dos Reis, no Rio de Janeiro. Elas são chamadas de Angra 1, 2 e 3, sendo que a Angra 3 ainda está em processo de construção. Ela deveria ficar pronta até 2016, mas as obras foram paradas e o novo prazo de conclusão é 2024.

Como é feita a energia

Uma usina nuclear usa três fases para a produção da energia.

Primeiramente, o urânio é colocado no vaso de pressão e com a fissão, acontece a produção de energia térmica. Nessa fase, a água é usada para fazer o resfriamento do núcleo do reator nuclear. Quando a água passa pelo reator, ele está a temperatura é de aproximadamente 320ºC. Para que ela não entre em ebulição, ela é mantida sob uma pressão 157 vezes maior que a pressão atmosférica normal.

Na segunda fase, a água foi aquecida na primeira etapa evapora em um sistema chamado de gerador de vapor. Esse vapor movimenta a turbina do gerador elétrico. O vapor volta a virar água depois de passar por um processo de condensação, através de um condensador, que é resfriado por um sistema de refrigeração de água. Esse sistema bombeia água do mar para fazer o processo de resfriamento.

Por último, a energia gerada por esse processo é enviada para as casas, através da rede elétrica.

As usinas nucleares possuem prós e contras, como tudo que existe. A vantagem é que ela não contribui para o efeito estufa, não polui o ar, pode ser construída em uma área pequena, não depende das condições climáticas para funcionar, tem grande disponibilidade de combustível, a quantidade de material radioativo produzido é pequena e o risco de transporte do combustível é menor.

A desvantagem, é que o material utilizado nela precisa ser armazenado com cuidado, pois o lixo nuclear tem alto teor de poluição, podendo gerar problemas que levarão mais de 100 anos para serem totalmente resolvidos, é preciso isolar a central após seu encerramento, é mais cara que as demais formas de produzir energia, o lixo nuclear produz radioatividade por muitos anos e possui alto grau de risco de acidentes na central nuclear.

Foto: Reprodução InternetUsina Nuclear

Se encontrar algum erro ou tiver alguma sugestão de curiosidade, entre em contato através da nossa fanpage no Facebook

FONTE: Dr. Curioso

Compartilhe este artigo:

Veja mais