Para que serve o colar de âmbar báltico?

O âmbar báltico é um material resultado da resina produzida por pinheiro, quando se torna um fóssil.

Hoje em dia, tentando viver de forma mais saudável possível, muitas pessoas tem buscado terapias alternativas para manter a saúde e evitar doenças. Um dos acessórios que ganharam fama nos últimos anos é um colar (ou pulseira), cuja eficiência divide opiniões. Feitos com âmbar báltico, eles prometem aliviar cólicas e até mesmo o desconforto quando os dentes das crianças estão nascendo.

O âmbar báltico é resultado da resina produzida por pinheiro, quando se torna um fóssil. Em sua composição, é encontrado o ácido succínico, um produto muito utilizado pela indústria farmacêutica. Esse ácido possui propriedades analgésicas, cicatrizantes, imunoestimulantes e anti-inflamatórias.

Acredita-se que, ao usar o colar de âmbar, o ácido succínico seja liberado e, através do contato com a pele, seja absorvido pelo corpo, resultando em benefícios para a saúde. Porém, quem defende o uso desse item, afirma que os benefícios só existem quando o adorno é feito com âmbar original, que é importado da bacia do Mar Báltico, localizada em países como Estônia, Letônia e Lituânia.

Foto: Reprodução site Âmbar BálticoColar de âmbar báltico promete aliviar cólicas e desconfortos em bebês.
Colar de âmbar báltico promete aliviar cólicas e desconfortos em bebês.

O uso do âmbar báltico em colares divide a opinião de quem já testou e também dos médicos. Não há comprovação científica a respeito da eficiência de seu uso. Pelo contrário. Muitos profissionais da área da saúde alertam que, no caso das crianças, os colares podem ser um risco, pois podem causar enforcamento, caso prendam em algum local, ou até mesmo terem as pequenas peças engolidas pelos pequenos, caso o item arrebente.

Segundo os médicos, a eficiência do colar também é duvidosa pelo fato de que, apesar do ácido succínico ter mesmo propriedades medicinais, é necessário que ele passe por um processamento adequado para surtir efeito. O simples contato da pele com a substância não seria o suficiente para ajudar com problemas de saúde.

Para os adultos, o produto não representa nenhum tipo de risco e pode ser usado sem contraindicações.

Descubra também: O que é o nióbio, material valorizado por Jair Bolsonaro?

Se encontrar algum erro ou tiver alguma sugestão de curiosidade, entre em contato através da nossa fanpage no Facebook

FONTE: Dr. Curioso

Compartilhe este artigo:

Veja mais