Oito curiosidades sobre o seriado “Todo Mundo Odeia o Chris”

O seriado conta a história de um garoto negro, pobre, que vive em um bairro perigoso do Brooklyn e que teve uma infância difícil.

Se você é uma pessoa ligada na TV, ou foi durante sua infância e adolescência, já deve ter assistido ao seriado “Todo Mundo Odeia o Chris”, exibido pela Record (atualmente, o Comedy Central exibe o programa). Ele conta a história de um garoto negro, pobre, que vive em um bairro perigoso do Brooklyn e que teve uma infância difícil.

O que poucas pessoas sabem, é que o seriado é baseado na vida real do ator Chris Rock, que na TV é interpretado por Tyler Williams. Além disso, Chris também foi o narrador da série. Com quatro temporadas, os episódios se passam entre os anos de 1982 e 1987, apesar de só ter sido produzida e transmitida em 2005. Confira abaixo algumas curiosidades e semelhanças entre a história fictícia e a vida real do ator.

Foto: Divulgação
"Todo Mundo Odeia o Chris" é baseado na história real da vida do ator Chris Rock.

1 - O pai de Chris na vida real se chama Christopher Julius Rock II e, assim como o personagem da série, interpretado por Terry Crews, ele também tinha dois empregos, de caminhoneiro e entregador de jornais. Porém, na vida real, Julius morre em 1988, após uma cirurgia de úlcera (motivo que fez com que a continuação da série fosse cancelada).

2 - O temperamento da personagem Rochelle (Tichina Arnold) foi inspirado na mãe de Chris, cujo nome é Rosaline Rock. Ao contrário de Rochelle, que se demite sempre que não gosta de algo, Rosaline, além de dona de casa, era professora e provavelmente nunca falou a frase "eu não preciso disso, meu marido tem dois empregos". 

3 - Sabe o tio do Chris na série, Ryan? Ele é irmão do personagem na vida real e foi a inspiração para a criação da Tonya (interpretada por Imani Hakim), irmã mais nova de Chris na série. Assim como Chris Rock, Tony também é humorista.

Veja: Curiosidades sobre a série Game of Thrones

4 - Outro irmão de verdade inserido na série foi Andrew Rock, que fez surgir o personagem Drew. Na vida real, Chris Rock não tinha apenas dois irmãos, ele tinha seis irmãos e uma irmã, porém os demais não foram incluídos na história da TV.

5 - Apesar da história se passar entre os anos de 1982 e 1987, esse período da infância de Chris Rock aconteceu entre 1978 e 1984. A mudança foi feita porque, na época, já havia um seriado que se passava nos anos 70.

6 - O bairro Bed-Stuy, onde o personagem mora com sua família, na verdade se chama Bedford-Stuveysant. O nome do bairro foi abreviado, tornando-se Bed-Stuy.

7- O personagem Greg Wuliger, feito pelo ator Vincent Mantella, foi inspirado no amigo de escola de Chris Rock. Porém, na vida real, o nome do amigo é David Moskowitz.

8 - Chris Rock não aprovou a ideia de Tyler James interpretar o personagem que contaria sua história. Isso porque ele achava que o ator era bonito demais para fazer o papel de alguém que seria odiado. Ele só aceitou a ideia porque foi convencido pela equipe de produção. 

Foto: Reprodução InternetO ator e comediante Chris Rock, além de servir de inspiração para a série, também foi narrador dos episódios.
O ator Chris Rock, além de servir de inspiração para a série, também foi narrador dos episódios.

Apesar da série exagerar um pouco nos acontecimentos e colocar humor de uma forma mais presente em cada cena, há outras semelhanças da história com a vida real de Chris Rock: sua infância no Brooklyn realmente foi difícil; ele frequentou escolas populares onde estudavam pessoas brancas, porém, ele não era o único aluno negro; ele realmente sofreu bullying e racismo dos colegas de escola; ele precisou trabalhar desde muito novo, mas não era em uma loja de conveniências como na série e sim em redes de fast food.

Descubra: Qual a série de comédia mais longa exibida na TV?

 

Se encontrar algum erro ou tiver alguma sugestão de curiosidade, entre em contato através da nossa fanpage no Facebook

FONTE: Dr. Curioso

Compartilhe este artigo:

Veja mais