O que faz um oceanógrafo?

Como o próprio nome já diz, as atividades que esse profissional exerce são relacionadas aos oceanos, além de rios e lagos.

Hoje, dia 8 de junho, é Dia Mundial dos Oceanos e Dia do Oceanógrafo. Como o próprio nome já diz, as atividades que esse profissional exerce são relacionadas aos oceanos e a data foi criada com o objetivo de lembrar as pessoas sobre a importância de preservar os mares e oceanos do Planeta Terra.

A carreira de oceanógrafo foi regulamentada em 31 de julho de 2008, através da Lei nº 11.760 e é bastante ampla. Esse profissional é o responsável por estudar as características de cada oceano do mundo (Pacífico, Atlântico, Índico, Glacial Antártico e Glacial Ártico), dos mares, rios e zonas costeiras. É função dele descrever fisicamente esses ambientes e interpretar fenômenos que neles ocorrem. Também é papel desse profissional descobrir quais as formas de interação que a água tem com a atmosfera e com os continentes.

Outra atividade muito importante da profissão é desenvolver técnicas que possibilitem a exploração dos recursos naturais dos lagos, rios e mares, de forma que não os afetem negativamente e que preserve o meio ambiente. Ele ainda pode ser designado para fiscalizar tais atividades.

Esse ofício também possui muitos outros campos de trabalho, como em empresas de engenharia costeira, navios mercantis, no setor de petróleo e gás, na administração de portos, etc. Para ser um oceanógrafo bem sucedido, o profissional precisa ter conhecimento de Física, Química, Geologia, Biologia e também Socioeconomia.

Foto: Guia do EstudanteA ciência da Oceanografia se expandiu no século 20, mas registros históricos apontam que ela surgiu há cerca de 30 mil anos atrás
As atividades exercidas por oceanógrafos tem relação direta com os oceanos.

Surgimento da Oceanografia

A ciência da Oceanografia ganhou fama no século 20, mas registros históricos apontam que ela surgiu há cerca de 30 mil anos atrás, quando o Polinésios realizavam migrações entre a costa oeste do Oceano Pacífico até as ilhas de Nova Guiné, Havaí, Samoa e Fiji. Com suas navegações, eles passaram a desenvolver mapas oceanográficos de diversos materiais.

A partir do século 15, os europeus passaram a procurar por novas terras para serem colonizadas e, com isso, o interesse pela oceanografia cresceu. Foi durante esse período que instrumentos náuticos como a bússola, o cronômetro e o astrolábio foram desenvolvidos. Com as viagens marítimas se expandindo a cada dia, novos conhecimentos sobre os oceanos e a vida marinha foram descobertos.

A primeira e famosa expedição a bordo no navio de guerra britânico HSM Challenger, batizada de Challenger Expedition, é considerada o marco inicial da Oceanografia moderna.

Veja também: Qual o local mais fundo do oceano?

Veja também: O protetor solar contribui para a poluição do mar?

Veja também: Por que a água do mar é salgada?

Se encontrar algum erro ou tiver alguma sugestão de curiosidade, entre em contato através da nossa fanpage no Facebook

FONTE: Dr. Curioso

Compartilhe este artigo:

Veja mais