O que é o Pilar de Ferro, em Nova Déli?

O mistério por trás desse monumento é grande: ninguém sabe ao certo qual a finalidade de sua construção, nem quando foi feito ou quem o construiu.

A capital da Índia, Nova Déli, é uma cidade cheia de particularidades e lugares surpreendentes. Essa cidade milenar possui quase 22 milhões de habitantes e muitos monumentos, alguns deles bem misteriosos. É o caso do Pilar de Ferro, localizado no Complexo de Qutb, ao lado da mesquita Quwwat ul-Islam.

Esse monumento, 98% feito de ferro, possui sete metros de altura e é altamente resistente a corrosão. O mistério por trás desse monumento é grande: ninguém sabe ao certo qual a finalidade de sua construção, nem quando foi feito ou quem o construiu. Algumas pessoas acreditam que ele era um relógio de sol, mas é apenas um palpite.

A história do monumento diz que a construção aconteceu para homenagear um rei, que provavelmente é Chandragupta Vikramaditya, e o deus Vishnu, mas muitos historiadores discordam dessa versão.

Foto: Reprodução InternetPilar de Ferro

Estudos apontam que a construção do Pilar de Ferro aconteceu por volta do ano 300. Também há indícios de que o local original onde esse monumento ficava era nas cavernas de Udayagiri, ao sul de Nova Déli. Como ele trocou de lugar e foi parar no Complexo de Qutb? Também é um mistério!

Mas, entre todas as curiosidades de envolvem esse ponto turístico, a durabilidade dele é o fato que mais impressiona. Porém, a explicação para essa dúvida possui a resposta mais provável: o clima da região. O ferro é um material que estraga com a umidade, e o país possui um clima extremamente seco. Com isso, o material vem durando por milhares de anos.

As demais perguntas a cerca dos mistérios envolvendo esse monumento ainda não foram respondidas, mas quando elas existirem, o Dr. Curioso trará mais informações sobre o Pilar de Ferro.

Foto: Reprodução InternetPilar de Ferro

Se encontrar algum erro ou tiver alguma sugestão de curiosidade, entre em contato através da nossa fanpage no Facebook

FONTE: Dr. Curioso

Compartilhe este artigo:

Veja mais