O que é o papel digital?

Descubra essa nova tecnologia, que provavelmente irá revolucionar a vida das pessoas no futuro.

A tecnologia vai dominar o mundo, isso é fato. E quando não fazemos mais ideia de como a tecnologia pode evoluir, ela nos mostra que a imaginação do ser humano não tem limites. Se alguém achou que o papel acabaria sumindo com os computadores, tablets e celulares, essa ideia está, de certa forma, equivocada.

Pelo contrário. Junto com a tecnologia, o papel evoluiu em muitos sentidos, como por exemplo: a qualidade de impressão é melhorada e também surge o papel digital.

O papel digital foi criado na Inglaterra, tem uma aparência semelhante a um tablete e possui espessura inferior a 30 micrometros.

Ele é feito em quatro camadas. A primeira é feita de poliéster e serve como suporte, a segunda é de metal, a terceira é feita de um polímero e a quarta camada serve para proteção e é transparente. Através de um raio laser infravermelho, a informação é gravada na terceira camada do papel. Para ler a informação, é usado um laser mais fraco. A tela, onde é feita as anotações do conteúdo e onde a informação é lida é bastante sensível ao toque.

A novidade funciona de forma parecida com o disco ótico, porém, o papel digital é mais flexível e possui consistência semelhante ao papel que usamos no dia a dia. Usando uma bobina de papel digital com 30 cm de diâmetro e 35 cm de largura, é possível economizar cerca de 1 bilhão de folhas de papel.

Outra vantagem desse papel, é que ele pode ser usado em conjunto, criando uma conexão entre os aparelhos. Para isso, basta tocar um aparelho no outro.

Porém, como tudo no mundo, ele também tem suas desvantagens. O tempo de acesso à informação é mais lento, cerca de 30 segundos. O disco ótico, por exemplo, é aproximadamente mil vezes mais rápido.

Se encontrar algum erro ou tiver alguma sugestão de curiosidade, entre em contato através da nossa fanpage no Facebook

FONTE: Dr. Curioso

Compartilhe este artigo:

Veja mais