O que é o nióbio, material valorizado pelo presidente Jair Bolsonaro

Há quem diga que esse metal pode ser um possível substituto para o ouro, visto sua utilidade.

Você sabia que o Brasil é o país que possui as maiores reservas de nióbio no mundo? Aproximadamente 98,4% dos locais de exploração desse minério estão em solo brasileiro, sendo a maior parte nos estados de Minas Gerais, Bahia, Rondônia, Amazonas e Goiás. Mas, para que serve esse elemento? Qual seu valor para as pessoas?

O nióbio é um metal de transição, ele é o responsável por deixar o aço mais forte e resistente. Ele foi descoberto em 1801, pelo químico inglês Charles Hatchett. No Brasil, ele foi encontrado pela primeira vez em 1953, quando o geólogo Djalma Guimarães encontrou uma reserva do minério em Araxá (MG). Estima-se que nesta reserva existam pelo menos 840 milhões de toneladas do material.

Há quem diga que esse metal pode ser um possível substituto para o ouro(descubra por que ele é tão valioso), visto sua utilidade. O material começou a ser utilizado no início do século XX e desde então foi incluído na construção de equipamentos importantes, como o telescópio espacial Hubble, o acelerador de partículas Grande Colisor de Hádrons e o viaduto francês de Millau.

O nióbio ainda pode servir como uma das matérias primas para fabricação de equipamentos médicos, como, por exemplo, o marca-passo. Ele também pode ser utilizado em joias, fabricação de celulares, turbinas de avião, e plataformas de petróleo. Sua principal finalidade é ser usado na produção de tubos condutores de fluídos. Em “ocasiões especiais”, ele é um dos metais que compõem moedas comemorativas, lançadas esporadicamente. Por causa de sua baixa captura de nêutrons termais, serve também para uso em indústrias nucleares.

Como elemento químico, o nióbio foi reconhecido oficialmente em 1949. Suas propriedades físicas e químicas são similares ao tântalo. Ele é um material lustroso, de coloração cinza. Sob temperaturas criogênicas, ele se torna um supercondutor.

O maior comprador do nióbio brasileiro é a China, que importa cerca de um terço do material minerado.

Assim como na extração dos demais minérios, o grande problema do nióbio é a degradação ambiental. Sua mineração resulta na contaminação do solo, água e ar.

Veja também: Quais as principais pedras preciosas brasileiras?

Veja também: Como o petróleo se forma?

Foto: Portal Mato GrossoCerca de 98,4% do nióbio existente no mundo está em reservas no Brasil.
Cerca de 98,4% do nióbio existente no mundo está em reservas no Brasil.

Se encontrar algum erro ou tiver alguma sugestão de curiosidade, entre em contato através da nossa fanpage no Facebook

FONTE: Dr. Curioso

Compartilhe este artigo:

Veja mais