O que aconteceria se todos os insetos deixassem de existir?

Apesar de muitas vezes serem irritantes e nos causarem incômodo, eles são extremamente importantes para a vida na Terra.

Os insetos são animais que despertam diferentes sentimentos em nós. As borboletas, por exemplo, pode nos trazer um sentimento de alegria, principalmente se ela possuir muitas cores e desenhos em suas asas. Enquanto isso, as baratas causam nojo na maioria das pessoas. Por outro lado, há ainda aqueles que causam medo, como as abelhas, devido ao seu ferrão.

Se todos os insetos existentes no mundo desaparecessem, os próximos a serem extintos seriam os seres humanos. Isso aconteceria por causa das funções desempenhadas por esses animais todos os dias.

Foto: PixabayOs insetos são responsáveis por desenvolver várias atividades essenciais para o Planeta Terra.
Os insetos são responsáveis por desenvolver várias atividades essenciais para o Planeta Terra.

São poucas as pessoas que lembram da importância dos insetos para a vida no Planeta Terra. Eles são responsáveis por realizar diversas atividades, como polinizar as plantas, ajudar na decomposição de excrementos, entre outras ações que são benéficas para a humanidade.

Ou seja: sem os insetos, não haveria produção de alimentos e nosso ecossistema seria gravemente afetado, se tornando simplesmente insustentável para abrigar vida. Além dos seres humanos, outros bichos também desapareceriam, pois perderiam uma importante fonte de alimentos. O que seria do tamanduá sem as formigas?

Se esses pequenos animais não existissem, outro problema que as pessoas teriam é que elas estariam rodeadas de fezes e restos mortais de animais (e humanos!). Os insetos são os responsáveis por quebrar as estruturas biológicas e acelerar o processo de decomposição. Além de eliminar esses materiais, o solo também é beneficiado, pois é reabastecido com nutrientes. As formigas, por exemplo, deram origem a agricultura, que hoje em dia é uma atividade humana.

Agora, imagine um mundo sem abelhas, borboletas e outros insetos para fazer a polinização das plantas. Se as flores não forem polinizadas, elas não geram frutos. E isso significa que não haverá produção de alimentos. E sem alimentos, não há como sobreviver. Um estudo apontou que, graças ao trabalho de polinização feito por esses animais, a humanidade economiza cerca de R$ 1,4 trilhão, afinal, eles trabalham de graça.

Apesar da importância que esses animais possuem, a cada dia o número de exemplares vem diminuindo em todo o mundo. No Brasil, a redução no número de abelhas é bem conhecido e já causa preocupação. Por isso, se você encontrar um inseto pela frente, lembre-se que ele trabalha a seu favor e merece permanecer vivo.

Foto: PixabaySem os insetos, seria impossível sobreviver.
Sem os insetos, seria impossível sobreviver.

Números

Apesar das pesquisas, o mundo dos insetos ainda é um assunto que causa grandes controvérsias. Abaixo, veja alguns números interessantes sobre esses animais:

- Segundo a Smithsonian Institution, dos Estados Unidos, todos os insetos do mundo juntos, pesam 17 vezes mais do que todos os seres humanos juntos;

- A Smithsonian Institution estima que no Planeta existam 10 quintilhões de insetos (10.000.000.000.000.000.000);

- No mundo, existem entre 2 milhões e 30 milhões de espécies diferentes de insetos. O número é bem controverso, pois muitas espécies são extintas antes mesmo de serem descobertas;

- Até hoje, pesquisadores só conseguiram catalogar e estudar aproximadamente 900 mil tipos diferentes de insetos.

Descubra também: Por que os vaga-lumes "piscam"?

Veja: Qual o maior inseto já encontrado no mundo?

Se encontrar algum erro ou tiver alguma sugestão de curiosidade, entre em contato através da nossa fanpage no Facebook

FONTE: Dr. Curioso

Compartilhe este artigo:

Veja mais