O que acontece quando colocamos água quente no fermento?

O fermento não suporta altas temperaturas, por isso não pode entrar em contato com a água quente.
Foto: Dr. CuriosoO fermento é um dos principais ingredientes de pães e bolos.
O fermento é um dos principais ingredientes de pães e bolos.

O fermento é um fungo muito utilizado na culinária. Ele é o responsável pelo crescimento de alimentos, como pães, bolos, etc. Por se tratar de um microrganismo, ele é sensível e precisa ser manuseado da forma correta. Duas coisas que nunca devem ser feitas é colocá-lo em contato com a água quente e com sal.

Esses pequenos seres vivos são extremamente sensíveis ao calor. O fermento seco, por exemplo, suporta uma temperatura de até 38ºC. Quando entra em contato com temperaturas elevadas, seja o calor do forno ou água quente, o fungo acaba morrendo.

Em algumas receitas, um dos ingredientes é a água morna. Se ela passar da temperatura ideal e já se encontrar quente demais, o fermento morrerá e o resultado será o não crescimento da massa. Para saber se a temperatura está correta, basta colocar o dedo na água, se estiver quente demais para nós, também estará para o fungo.

O sal é outro ingrediente que causa a morte não somente do fermento, mas de diversos microrganismos. Assim como o calor, eles não suportam alta concentração de sódio. Em muitas receitas, é necessário colocar sal, mas deve-se sempre ser colocado de maneira que um não entre em contato direto com o outro. A quantia também deve ser moderada.

No caso do fermento químico (usado em bolos), não existe perigo de mata-lo, pois não se trata de um fungo, e sim de ácidos que, quando entram em contato com a água, sofrem uma reação química.

Descubra também: De que são feitos os fermentos?

Se encontrar algum erro ou tiver alguma sugestão de curiosidade, entre em contato através da nossa fanpage no Facebook

FONTE: Dr. Curioso

Compartilhe este artigo:

Veja mais