O protetor solar contribui para a poluição do mar?

Os benefícios desse cosmético para nossa saúde são conhecidos e comprovados, porém, será que eles são prejudiciais para outros seres vivos?
Foto: Reprodução InternetAnualmente, 14 mil toneladas de protetor solar vão parar nos oceanos.
Anualmente, 14 mil toneladas de protetor solar vão parar nos oceanos.

Quando o assunto é praia ou piscina, um item é indispensável na lista de coisas a serem levadas: o protetor solar. Graças a ele, nossa pele fica protegida dos raios solares, evitando problemas, como o câncer de pele. Os benefícios desse cosmético para nossa saúde são conhecidos e comprovados, porém, será que, enquanto cuidam dos seres humanos, eles são prejudiciais para outros seres vivos?

A resposta é sim. Infelizmente, o mar recebe os prejuízos de usar tal produto. Ao contrário do que pensamos, não é somente o plástico ou outros lixos visíveis que vem causando grande degradação no fundo do mar.

Segundo a Revista Galileu, anualmente, os oceanos recebem 14 mil toneladas de protetor solar. Aproximadamente metade dessa quantia vai parar nos recifes de corais, sendo um dos responsáveis pela destruição desse sensível ecossistema. Ou seja: além do aquecimento dos oceanos, os recifes possuem outro inimigo perigoso.

De acordo com estudos realizados nos últimos 10 anos, esse prejuízo todo para o mar é causado por substâncias químicas chamadas benzofenonas, responsáveis por filtrar os raios UV. Elas são extremamente tóxicas para os corais jovens e para diversas espécies marinhas.

Para tentar reduzir os níveis de poluição causados pelo protetor solar, diversos locais do mundo já proibiram o uso de cosméticos que contenham as substâncias tóxicas. Diversas instituições ligadas a proteção ambiental recomendam que as pessoas utilizem filtros solares que usam ingredientes minerais, pois protegem a pele e não causam transtornos para os oceanos.

Veja também: Como os peixes dormem?

Veja também: Você sabia que existe tráfico de areia?

Veja também: Como se formou a Praia de Vidro, na Califórnia?

Se encontrar algum erro ou tiver alguma sugestão de curiosidade, entre em contato através da nossa fanpage no Facebook

FONTE: Dr. Curioso

Compartilhe este artigo:

Veja mais