Descubra quatro árvores típicas da flora brasileira

Nossa fauna e flora sempre se destacam a nível mundial devido a grande diversidade. Veja agora algumas árvores nativas de nosso país.

Por possuir a maior floresta do mundo – Floresta Amazônica – o Brasil é o país com a maior diversidade de espécies de árvores e plantas do mundo. É possível encontrar árvores de diferentes tamanhos, folhagens, coloração e em diferentes tipos de clima. As árvores nativas, além de embelezarem nosso país, podem contribuir servindo de recursos para as regiões e até mesmo para fins comerciais.

Conheça agora quatro árvores tipicamente brasileiras.

Pau-Brasil

Essa é a mais famosa árvores brasileira. O nome de nosso país tem ligação com essa árvore, e com certeza você já deve ter ouvido falar nele durante as aulas de história. O pau-brasil é típico da região da Mata Atlântica. Sua madeira é pesada, de alta qualidade e em seu interior, é possível encontrar uma espécie de tinta vermelha. Ela é muito utilizada para a fabricação de instrumentos musicais, porém, devido à extração de forma predatória, hoje ela é pouco encontrada e seu corte é proibido por lei. A árvore é tão importante que no dia 03 de maio é comemorado o Dia do Pau-Brasil.

Foto: Reprodução InternetPau-Brasil

Embaúba

De madeira leve, macia de corte e de baixa durabilidade natural, a Embaúba pode ser encontrada desde o Rio Grande do Norte até Santa Catarina. Sua madeira é muito utilizada para a construção de flutuadores em jangadas e embarcações, salto de sapatos, lápis, palitos de fósforo, dentre outros. A fruta produzida pela árvore é comestível e muito procurada por diversas espécies de animais. Suas folhas são ásperas e podem ser usadas para lixar madeira. Ela possui também fins medicinais, podendo ser utilizada todas as partes da planta, principalmente suas folhas e frutas para o tratamento de diabetes, tosse e bronquite.

Foto: Reprodução InternetEmbaúba

Jequitibá

Ele é uma das árvores mais altas que existe no Brasil, podendo chegar aos 60 metros de altura. Podendo viver por milhares de anos, o Jequitibá possui uma casca grossa e dura e apresenta sulcos profundos. Seu fruto é chamado de canudo-de-cachimbo. Suas folhas tem tom avermelhado durante a primavera e suas flores podem ser brancas, amarelas ou vermelhas. As árvores eram muito encontradas no estado de Pernambuco, mas a extração em grande escala praticamente extinguiu a árvore da região. Atualmente, ela pode ser encontrada em Minas Gerais, Mato Grosso e de São Paulo até o Espírito Santo. Sua madeira é extraída para a produção de papel, estopa, construção de móbeis e, assim como a embaúba, ela também pode ser utilizada para fins medicinais.

Foto: Reprodução InternetJequitibá

Canela-Amarela

Natural do Rio Grande do Norte, ela pode ser encontrada também na Floresta Atlântica e na floresta do Alto Uruguai. Sua casca pode ter até 2 cm de espessura e externamente, pode ser coberta por lenticelas e líquens. É uma árvore de porte médio e seu tronco costuma ser bastante reto. Sua folhagem resulta em ótimas sombras e sua madeira é bastante utilizada para a construção civil, fabricação de móveis, portas e venezianas. Seu fruto é muito consumido pelos pássaros.

Foto: Reprodução InternetCanela-Amarela

Se encontrar algum erro ou tiver alguma sugestão de curiosidade, entre em contato através da nossa fanpage no Facebook

FONTE: Dr. Curioso

Compartilhe este artigo:

Veja mais