Curiosidades e fatos sobre o filme O Rei Leão

O filme fez tanto sucesso desde seu lançamento que ganhou um remake, além dos filmes O Rei Leão 2 e O Rei Leão 3.

Um dos filmes de maior sucesso já produzido pela Disney é O Rei Leão, lançado em 15 de junho de 1994. Naquele ano, o filme saiu de cartaz como a maior bilheteria dos cinemas, deixando milhares de fãs pelo mundo. A maior prova disso é que ele ganhou até um remake, além dos filmes O Rei Leão 2 e O Rei Leão 3. Apesar da maioria das pessoas saberem a história do filme, que fez parte da infância de muitas delas, algumas curiosidades ainda são novidade.

Foto: Reprodução InternetO sucesso de O Rei Leão foi tão grande que a produção ganhou um remake.
O sucesso de O Rei Leão foi tão grande que a produção ganhou um remake.

Veja abaixo alguns fatos sobre o primeiro filme O Rei Leão.

Nome do filme

De acordo com o produtor Don Hahn, inicialmente o nome do filme era para ser Rei da Selva. Outro nome cogitado era O Rei de Kalahari. Porém, a Disney descobriu que os leões, na verdade, vivem em savanas e não nas selvas, motivo que levou ao nome O Rei Leão.

Inspiração em Hamlet

O filme foi inspirado na obra Hamlet, de William Shakespeare. Adaptado para o público infantil, Mufasa seria a versão do pai do príncipe Hamlet, porém, benevolente.

Mudanças no roteiro

Como em quase todos os filmes, o roteiro sofreu diversas alterações, e uma delas foi quanto a relação entre os personagens. Originalmente, Scar não era tio de Simba e comandaria um grupo de babuínos ao invés de hienas e também o macaco Rafiki era um leopardo. Outra mudança é que, inicialmente, Timão e Pumba seriam amigos de Simba desde o começo do filme.

Amizade entre Scar e as hienas

A amizade entre Scar e o grupo de hienas é antiga. Ela começou quando ele era apenas um filhote e seu pai Ahadi expulsou as hienas para proteger Rafiki. O vilão então se interessou pelo grupo e buscou alguns conselhos com ele, formando uma aliança desde então.

Canção cortada do filme

No primeiro roteiro, Sarabi – mãe de Simba – cantaria uma música chamada O Leão da Lua, que falava sobre o espírito de um leão com a missão de proteger outros animais. A cena aconteceria após o primeiro encontro entre o protagonista e as hienas.

Canção incluída

Se a música citada anteriormente foi cortada, a canção mais famosa do filme não estava no roteiro original. Hakuna Matata era para ser outra música, que falaria sobre a alimentação a base de insetos de Timão e Pumba. Porém, após uma viagem para a África, os produtores lembraram da expressão Hakuna Matata e perceberam que ela se encaixaria em uma música e principalmente, no filme!

Personagens descartados

Não foi somente na parte musical que houveram exclusões. Alguns personagens também ficaram de fora: Mheetu, que seria irmão de Nala, Bhati, que era uma raposa, um lagarto chamado Iggy e outro suricato, parente de Timão, que tinha o nome de Tesma.

Amizade entre Timão e Pumba

A inseparável dupla se conheceu por acaso, depois que Timão cansou de viver com seu bando de suricatos. Pumba ficou preocupado com a segurança dele e passou a segui-lo, até que ambos se tornaram amigos.

Cena levou dois anos para ser concluída

A cena em que Mufasa morre, durante uma debandada de gnus, é relativamente curta, com cerca de dois minutos e meio. Porém, esse pequeno trecho do filme demorou dois anos para ficar pronto. O motivo é que ela foi toda feita através de computadores e, na época, a computação gráfica estava apenas começando e os programas ainda eram bastante limitados.

Filme documentário

Originalmente, o filme era para seguir o estilo documentário, e não um musical. O primeiro diretor da produção, George Scribner, planejava fazer um documentário animado, seguindo o estilo das produções do National Geographic. Quando descobriu que a Disney transformaria em um roteiro de musical, ele deixou a equipe do filme.

Veja também: Cinco curiosidades sobre o super-herói Shazam

Animadores do filme eram da “equipe B”

A Disney possui algumas equipes de animadores, sendo que os principais estão na chamada “equipe A”. Eles preferiram trabalhar no filme Pocahontas, pois acreditavam que o sucesso do filme seria maior que O Rei Leão. Por isso, o filme precisou ser feito pela “equipe B”. Às vezes, estar em segundo lugar pode surpreender, né?! Os animadores do filme ainda viajaram até a África para buscar inspiração para o filme, onde visitaram o Parque Nacional Hell’s Gate, no Quênia.

Foto: Reprodução InternetO Rei Leão foi lançado em 15 de junho de 1994.
O Rei Leão foi lançado em 15 de junho de 1994.

Scar venceria Simba

O roteiro original do filme planejava um final totalmente diferente para a luta entre Simba e Scar. A primeira ideia era que Scar venceria o duelo, jogando Simba para fora da Pedra do Rei. Porém, o protagonista sobreviveria e Scar morreria queimado pelo fogo que consumia o local. Sabendo que o final seria “sombrio” demais, os produtores resolveram alterar para a versão que conhecemos.

Simba e Nala podem ser primos

Na natureza, os grupos de leões são formados por diversas fêmeas e um macho reprodutor. No filme, somente dois leões machos habitavam as Terras do Reino: Scar e Mufasa. Por essa lógica, as chances de Simba e Nala serem primos ou até mesmo irmãos, são bem grandes.

Toy Story: Veja algumas curiosidades sobre os filmes da saga

Se encontrar algum erro ou tiver alguma sugestão de curiosidade, entre em contato através da nossa fanpage no Facebook

FONTE: Dr. Curioso

Compartilhe este artigo:

Veja mais