Conheça Lilou, a porquinha que trabalha no Aeroporto de São Francisco

A porquinha Lilou tem a missão de ajudar os passageiros a aliviarem a irritação causada por esses imprevistos.

Viajar é uma das atividades favoritas das pessoas. Porém, ela pode ter uma parte bastante estressante: o aeroporto. Quem nunca passou por um momento de estresse antes de entrar no avião?! Fila para fazer o check-in, aeroporto cheio, voo atrasado, mala extraviada, entre outras coisas, podem causar uma grande dor de cabeça. No Aeroporto Internacional de São Francisco, nos EUA, a porquinha Lilou tem ajudado os passageiros a aliviarem a irritação causada por esses imprevistos.

Com unhas pintadas e quepe de piloto, Lilou tem a missão de divertir os turistas enquanto aguardam a hora do voo. Charmosa, ela sabe levantar a pata, cumprimentando os passageiros, gosta de tirar fotos e ainda toca uma “música” em seu piano de brinquedo.

A porquinha faz parte de um programa do aeroporto, que leva animais de terapia até o portão de embarque, com o objetivo de tranquilizar e distrair os passageiros. O programa existe em diversos aeroportos ao redor do mundo e, normalmente, utiliza cães de várias raças. Se destacando, Lilou é a primeira porquinha da história a participar.

Foto: Reuters/Jane RossPorquinha Lilou faz sucesso no portão de embarque do Aeroporto Internacional de São Francisco.
Porquinha Lilou faz sucesso no portão de embarque do Aeroporto Internacional de São Francisco.

Para participar do programa no Aeroporto Internacional de São Francisco, os animais precisam seguir alguns critérios. O primeiro deles, claro, é ser um animal bem cuidado por seu tutor. No caso de Lilou, sua proprietária Tatyana Danilova dá a porquinha uma “vida de rainha”.

Lilou mora no Centro da cidade, em um apartamento. Todos os dias, ela passeia pelo bairro, recebe uma dieta a base de vegetais orgânicos e também cápsulas de proteína. Assim como muitos cães e gatos de estimação, a porquinha possui sua própria cama.

Além do bom tratamento, os animais que participam da atividade precisam estar com a higiene e vacinas em dia, ter um temperamento estável, boas maneiras e uma personalidade amigável. Antes de entrarem em contato com os passageiros, eles passam por uma série de treinamentos, para que a correria do ambiente não os afete e prejudique a qualidade de vida dos participantes.

Lilou possui todas essas características e ainda gosta de interagir com as pessoas. Obviamente, as crianças são as que mais se interessam quando veem a porquinha.

Se encontrar algum erro ou tiver alguma sugestão de curiosidade, entre em contato através da nossa fanpage no Facebook

FONTE: Dr. Curioso

Compartilhe este artigo:

Veja mais