Conheça as pirâmides de Teotihuacán, localizadas no México

O nome das pirâmides “Teotihuacán” significa “o lugar dos deuses”. Junto com as demais construções, elas são feitas de 2,5 milhões de toneladas de pedras.

O México é um país incrível, que possui inúmeros atrativos turísticos. Seja a badalada Cidade do México ou a famosa Praia de Acapulco, do episódio do seriado Chaves, o território mexicano é rico em belas paisagens, opções de lazer e também história. Para quem gosta de aprender sobre os antepassados e ver de perto suas construções, as pirâmides de Teotihuacán são o local ideal para visitar.

Localizadas em um sítio arqueológico no municípios de San Juan Teotihuacán, próximo à Cidade do México, as pirâmides possuem resquícios do maior império mexicano antes da colonização espanhola, que habitou na região entre 100 e 900 d.C. Estima-se que pelo menos 200 mil pessoas moravam no local, que possui 83 quilômetros quadrados.

Foto: Reprodução CivitatisTeotihuacan é o sítio arqueológico mais visitado do México.
Teotihuacan é o sítio arqueológico mais visitado do México.

O nome das pirâmides “Teotihuacán” significa “o lugar dos deuses”. Elas são formadas por 2,5 milhões de toneladas de pedras e, além dessas construções, são encontrados no local complexos residenciais multifamiliares e muitos muros.

Historiadores afirmar quem as características e evidências encontradas no local apontam que a cidade tenha tido uma civilização multi-étnica, incluindo Maias, Nahuas, Zapotecas e Mixtecas. A construção da cidade era reivindicada pelos Totonacas, informação confirmada pelos Astecas.

Em seu território, é possível encontrar alguns monumentos principais:

- Grandes Pirâmides: elas foram construídas como base para um templo, que ficava na plataforma. Entre elas, há duas principais, a Pirâmide do Sol e a Pirâmide da Lua. Até o século XVI, existiam nelas imagens dos astros que dão nome a elas, feitas em ouro fino. Entre elas, a maior é a Pirâmide do Sol, com 65 metros de altura;

Foto: Curto ViagensAs pirâmides são o principal atrativo do sítio arqueológico.
As pirâmides são o principal atrativo do sítio arqueológico.

- Rua dos Mortos: era o eixo central da cidade, além de ser o centro cerimonial. Possui quatro quilômetros de extensão e 45 metros de largura. Em sua extensão, são encontrados monumentos importantes, como templos, palácios e residências de pessoas importantes;

- Edifício dos caracóis emplumados: É a estrutura mais antiga existente na cidade de Teotihuacan. O acesso ao local é feito através de um túnel, que fica embaixo do palácio de Quetzalpapálotl. Acredita-se que o local fazia parte de algum templo. Nele existem diversas imagens decorativas, como instrumentos musicais em formato de caracol, com boquilhas e plumas, além de desenhos de aves (possivelmente papagaios);

- Palácio de Quetzalpapálotl: É considerado o edifício mais luxuoso e importante da cidade. Com muitos detalhes decorativos, acredita-se que tenha sido a casa de algum cidadão importante e influente;

- Palácio dos Jaguares: O destaque da construção é sua entrada, onde ficam duas imagens de grandes felinos, que possuem plumas em suas cabeças. Na parte do dorso e da cauda dos animais estão conchas do mar incrustadas;

- Templo de Quetzalcóatl: Decorado com mosaicos de pedras, ele abrigou diversos artefatos históricos considerados de grande valor pelos historiadores. Ele fica localizado na Rua dos Mortos e foi descoberto em 1920, depois de ser localizado sob uma pirâmide de paredes lisas.

O local é o sítio arqueológico mais visitado do México. Em 1987, ele recebeu o título de Patrimônio Mundial pela UNESCO, devido sua importância histórica e cultural.

Aprenda também: O que é o Círculo de Fogo do Pacífico?

Turquia tem vila de "castelos fantasma" após falência de construtora

Foto: Dina JulayevaCom 83 km², a cidade possui diversos edifícios feitos em pedra.
Com 83 km², a cidade possui diversos edifícios feitos em pedra.

Se encontrar algum erro ou tiver alguma sugestão de curiosidade, entre em contato através da nossa fanpage no Facebook

FONTE: Dr. Curioso

Compartilhe este artigo:

Veja mais