Conheça 10 dos animais mais coloridos da natureza

Se você gosta de animais coloridos, apaixone-se pelos 10 listados abaixo.

A natureza tem sua beleza única e, independente do elemento de sua composição, cada item existente chama atenção de alguma maneira. E normalmente, quanto mais colorido foi uma planta ou um animal, mais belo ele parece aos olhos humanos. Principalmente quando se trata dos bichos.

As cores nem sempre são somente para dar beleza ao animal, mas servem também como forma de camuflagem, como uma maneira de intimidar seu predador ou também de representar perigo.

Conheça agora dez animais que estão na lista dos mais coloridos da natureza.

Rolieiro-de-peito-lilás

Ele habita os bosques e savanas do continente africano. Possui cerca de 35 centímetros e sua alimentação costuma ser baseada em insetos, aracnídeos e pequenos vertebrados. Ele costuma ser um animal solitário, se agrupando somente na época da reprodução.

Foto: Reprodução InternetRolieiro-de-peito-lilás
 

Nudibrânquios

São moluscos e se alimentam de anêmonas. Eles habitam os recifes de corais, e suas cores se tornam sua maior defesa, possibilitando a fácil camuflagem. Existem quase 3 mil espécies de nudibrânquios em todo o oceano.

Foto: Reprodução InternetNudibrânquios
 

Faisão-dourado

Esse animal é nativo das áreas montanhosas da China, habitando entre as florestas de coníferas. Eles podem chegar a 105 centímetros quando atingem a fase adulta. O faisão-dourado se alimenta de grãos, sementes, frutas, folhas, larvas e invertebrados. Por terem um voo bastante desajeitado, eles passam a maior parte do tempo no chão.

Foto: Reprodução InternetFaisão-dourado
 

Camaleão-pantera

Essa espécie de camaleão é originária da ilha de Madagascar. Os machos costumam ser mais coloridos que as fêmeas, e, como todos os camaleões, mudam de cor de acordo com as circunstâncias. Eles vivem isolados, se juntando com outros camaleões apenas para acasalar. Gostam de habitar em locais aquecidos, iluminados e úmidos, como a selva. Eles se alimentam de diversos insetos.

Foto: Reprodução InternetCamaleão-pantera
 

Pavão

Dos 10 animais aqui listados, ele é o mais conhecido. Ele já foi considerado um animal sagrado para os indianos. Gosta de viver em árvores, habitando normalmente em florestas de planícies. Ele é originário do sul da Ásia. Sua alimentação é feita de insetos, pequenos invertebrados e sementes.

Foto: Reprodução InternetPavão
 

Dragão-marinho

Especialista em camuflagem, ele pode chegar a ter 35 centímetros e viver por até 12 anos. Ele é da mesma família que os cavalos-marinhos. O dragão-marinho habita a costa sul da Austrália e se alimenta de plâncton, larvas de peixes e pequenos crustáceos. Esse animal é extremamente protegido pelos órgãos australianos, devido a grande diminuição da quantia desses animais.

Foto: Reprodução InternetDragão-marinho
 

Peixe-Mandarim

Vive entre os recifes de corais e gosta de clima tropical. Seu tamanho varia entre 6 e 10 centímetros. Sua alimentação é baseada em pequenos animais marinhos que se aproximam de seu esconderijo, algas ou flocos que podem servir como alimento. Além de servirem para camuflagem, suas cores são um alerta para os predadores, que são avisados de que a carne desse peixe é ruim devido ao muco viscoso que ele produz.

Foto: Reprodução InternetPeixe-Mandarim
 

Camarão Mantis

Esse crustáceo, que vive em águas tropicais e temperadas de pouca profundidade é conhecido, além de suas cores, por ter uma hipervisão. Segundo cientistas, ele é capaz de enxergar cores que não vemos e também infravermelhos. É um animal bastante agressivo e com muita força em suas garras. Eles se alimentam de pequenos crustáceos, peixes e o que mais estiver ao seu alcance.

Foto: Reprodução InternetCamarão Mantis
 

Aranha Pavão

Medindo menos de um centímetro, ela é nativa da Austrália e não é uma aranha venenosa. Existem cerca de 20 espécies diferentes de aranha pavão, porém, elas são raras de serem encontradas. Ela possui esse nome por ter um comportamento semelhante ao do pavão, de exibir suas cores para as fêmeas.

Foto: Reprodução InternetAranha Pavão

Lório Arco-íris

Também de origem australiana, ele habita florestas e matas costeiras. Seu comprimento varia entre 25 e 30 centímetros. Gostam de viajar em pares e as vezes podem voar em bandos. Se alimenta de frutas, néctar e pólen.

Foto: Reprodução InternetLório Arco-íris

Se encontrar algum erro ou tiver alguma sugestão de curiosidade, entre em contato através da nossa fanpage no Facebook

FONTE: Dr. Curioso

Compartilhe este artigo:

Veja mais