Conheça 10 diferentes carnavais que acontecem pelo mundo

Apesar do carnaval brasileiro ser o mais popular do mundo, esse evento acontece em diversos locais e possui muitos fãs.

O carnaval é uma época muito esperada pelos brasileiros. Sem dúvida, essa festividade é a mais celebrada por quem gosta de uma boa diversão. E engana-se quem pensa que somente no Brasil essa festa é celebrada em grande estilo. Apesar do carnaval brasileiro ser o mais popular do mundo, esse evento acontece em diversos locais do mundo, alguns de uma maneira bem diferenciada.

Confira 10 diferentes carnavais que acontecem pelo mundo, além do brasileiro.

1 – Veneza (Itália): Ao contrário do carnaval brasileiro, que é considerado folia e “pegação”, o carnaval em Veneza é considerado o mais romântico do mundo. Os participantes da festa usam fantasias elaboradas que relembram a época renascentista  e usam máscaras de gesso. Show de acrobacias e danças ao ar livre também fazem parte dessa festa.

Foto: Reprodução InternetVeneza – Itália

2 – Barranquilla (Colômbia): O carnaval colombiano é o segundo maior carnaval, perdendo somente para a festa no Brasil. A comemoração acontece na mesma época em que o carnaval brasileiro e é muito parecido, com exceção das músicas, onde o axé e o samba são substituídos por cumbias, reggaeton e salsa.

Foto: Reprodução InternetBarranquilla – Colômbia

3 – Mardi Gras, New Orleans (EUA): O carnaval americano é a maior festa de rua do país e é considerado um dos maiores do mundo. Ele também acontece na mesma época que o carnaval brasileiro, apesar de ser inverno no país. Carros alegóricos, máscaras de gesso e colares de plástico fazem parte da festividade. Uma tradição é atirar os colares para a multidão e os participantes tentarem carregar o máximo possível deles. Eles também são utilizados na hora da paquera.

Foto: Reprodução InternetMardi Gras, New Orleans (EUA)

4 – Trinidad e Tobago: Com muita influência africana, o carnaval neste pequeno país é bastante animado. Grandes desfiles com carros alegóricos e de dança (com o ritmo tradicional do país, o Calypso) são realizados.

Foto: Reprodução InternetTrinidad e Tobago

5 – Oruro (Bolívia): O carnaval boliviano é uma festa muito diferente da que estamos acostumados. Inicialmente celebrado por indígenas, ele foi modificado e hoje envolve muitos rituais religiosos. A festa conta com músicas e danças típicas, além de uma peregrinação até a igreja, onde a comemoração é encerrada.

Foto: Reprodução InternetOruro – Bolívia

6 – Quebec (Canadá): A festividade começa antes dos outros países, normalmente no começo de fevereiro. Nesta época, muito frio e neve já tomam conta do local, mas isso não é empecilho para a comemoração, que conta com eventos ao ar livre como esculturas em neve, patinação no gelo e corridas de trenó puxados por cães, desfiles noturnos, shows de luzes, música e bailes de máscaras.

Foto: Reprodução InternetQuebec – Canada

7 – Goa (Índia): Neste pequeno estado acontece o único carnaval existente na Índia. A festa dura três dias após a coroação do Rei Momo, fato mais importante do carnaval. Alegorias e fantasias bastante coloridas marcam a festa, além da utilização de pós coloridos, muito utilizados no festival das cores Holi.

Foto: Reprodução InternetGoa – India

8 – Londres (Inglaterra): Comemorado em agosto, durante dois dias, é a maior festa de rua da Inglaterra. Ele foi iniciado no país pela comunidade caribenha que residia em Londres e, com o tempo, caiu nas graças dos ingleses.

Foto: Reprodução InternetLondres 

9 – Cologne (Alemanha): Chamado de Koln Karneval, a festividade dura seis dias e as pessoas se reúnem nas ruas para beber, dançar e cantar. A principal característica do carnaval alemão são os desfiles com alegorias engraçadas e também que satirizam políticos conhecidos e importantes.

Foto: Reprodução InternetCologne (Alemanha)

10 – Tenerife, Ilhas Canárias (Espanha): É a maior festa de carnaval da Espanha e pode durar até um mês (SIM!). Os desfiles, música e dança fazem parte da festa, mas a principal peculiaridade desse evento é um ritual realizado no último dia de folia, onde uma sardinha gigante feita de papel machê é queimada. Outra diferença é que todo ano, desde 1987, um tema diferente é escolhido e todos os desfiles seguem esse mesmo tema.

Foto: Reprodução InternetTenerife

Se encontrar algum erro ou tiver alguma sugestão de curiosidade, entre em contato através da nossa fanpage no Facebook

FONTE: Dr. Curioso

Compartilhe este artigo:

Veja mais