Confira cinco mitos sobre a melancia

Veja cinco mentiras a respeito dessa deliciosa fruta e não fique mais na dúvida.

Sempre ouvimos muitas informações e orientações quando o assunto é ingerir frutas. Muitos mitos são criados, como não poder comer em determinada hora do dia, por algumas pessoas ou até mesmo a forma como ela é consumida. É por causa desses mitos que muitas vezes, deixamos de comer determinadas frutas e perdemos a oportunidade de nos deliciarmos com esses alimentos saborosos e saudáveis. Como muitas outras frutas, a melancia também possui suas verdades e mentiras.

Veja cinco mitos bastante falsos sobre a melancia e não deixe mais de consumir essa fruta que faz bem para nossa saúde e organismo.

Foto: Reprodução InternetMelancia

1 – Melancia não engorda: a melancia colabora com o ganho de peso sim, pois ao contrário do que muitos pensam, ela não é feita somente de água. Ela não irá fazer a pessoa engordar da mesma forma que outros alimentos, como o pão, por exemplo, porém, ela possui carboidratos, fibras, vitaminas e minerais em sua composição, o que ajuda no ganho de calorias.

2 – Não pode ser misturada com leite: esse é um dos mitos mais populares sobre a melancia, mas até hoje não existe comprovação de que seja uma mistura prejudicial. Existe inclusive algumas receitas que misturam esses dois ingredientes, como sorvete, mousse, etc.

3 – Faz mal comê-la à noite: o único problema de comer melancia a noite, é que provavelmente você terá que levantar muitas vezes durante a noite para ir ao banheiro. Como ela possui muita água, ela promove estimulação urinária. Porém, a nível de saúde, a melancia está liberada para consumo noturno.

4 – Faz mal engolir as sementes:as sementes da melancia não fazem mal a saúde. Elas são compostas pela fibra da fruta, e quando ingeridas em excesso, podem causar a sensação de estomago cheio, chamada de “empachamento”.

5 – Diabéticos não podem consumi-la: pessoas com diabetes podem ingerir melancia como qualquer outra fruta, desde que respeitando a quantidade permitida. A restrição é que a melancia não deve ser consumida em jejum, pois possui alto teor de frutose, o que altera a glicemia.

Se encontrar algum erro ou tiver alguma sugestão de curiosidade, entre em contato através da nossa fanpage no Facebook

FONTE: Dr. Curioso

Compartilhe este artigo:

Veja mais