Como surgiu o Papai Noel?

Na imaginação dos pequeninos, o Papai Noel é o responsável por trazer presentes para as crianças que tiveram bom comportamento durante o ano.

A época do Natal é uma das mais esperadas do ano. Durante esse período, as casas e ruas ganham enfeites e muitas luzes coloridas. A festa de origem cristã simboliza o nascimento do menino Jesus. Porém, há outro personagem que faz sucesso, principalmente entre as crianças e, apesar da fama, poucas pessoas sabem a origem do Papai Noel. 

Na imaginação dos pequeninos, ele passa nas residências na madrugada do dia 25 de dezembro, entrando pelas chaminés e deixando algo especial embaixo da árvore de Natal. O Papai Noel é o responsável por trazer presentes para as crianças que tiveram bom comportamento durante o ano. Segundo estudiosos, o personagem nasceu a partir da história de um bispo turco, chamado Nicolau.

Nascido na Turquia em 280 d.C., o bispo Nicolau era conhecido por ajudar as pessoas. Ele costumava fazer caridade deixando saquinhos com moedas perto das chaminés de residências onde moravam famílias necessitadas. Posteriormente, ele foi transformado em santo, passando a se chamar São Nicolau.

Foto: iStock/Getty ImagesO Papai Noel é uma figura inspirada em São Nicolau, homem que distribuía moedas aos pobres.
O Papai Noel é uma figura inspirada em São Nicolau, homem que distribuía moedas aos pobres.

Inicialmente, sua figura era retratada com roupas de bispo. Anos depois, na Alemanha, sua imagem passou a ser associada ao Natal e a ideia se espalhou rapidamente pelo mundo. Porém, até o final do século XIX, ele tinha aparência diferente da que conhecemos hoje. Ele já não usava mais os trajes da igreja católica, mas suas roupas ainda não eram vermelhas, elas eram verde escuro ou marrom.

Em 1886, a revista Harper’s Weeklys apresentou uma nova versão do bom velhinho. Desenhado pelo cartunista alemão Thomas Nast, o Papai Noel passou a ter roupas nas cores vermelha e branca, além de ganhar um cinto preto. Em 1931, a Coca-Cola utilizou a nova imagem de São Nicolau em uma campanha publicitária. A propaganda fez sucesso e ajudou a propagar o “novo estilo” do personagem para o mundo todo.

A partir de então, o desenho feito por Thomas Nast se tornou a aparência “oficial” do Papai Noel, e é representada dessa forma até hoje. 

Junto com a figura do bom velhinho, surgiu a tradição que ele mora no Polo Norte e que viaja pelo mundo em um trenó, guiado por oito a dez renas voadoras (o número varia de acordo com as regiões e culturas), que no Brasil possuem os nomes de Rodolfo, Corredora, Dançarina, Empinadora, Raposa, Cometa, Cupido, Trovão, Relâmpago e Bernardo.

Foto: PixabayA história diz que o Papai Noel viaja em um trenó, puxado por renas voadoras.
A história diz que o Papai Noel viaja em um trenó, puxado por renas voadoras.

Depois de ganhar fama por distribuir presentes, enviar cartas para o Papai Noel se tornou algo comum. Provavelmente, quando era criança, você também pensou em escrever para o bom velhinho e fazer seu pedido de Natal.

No Brasil, o Correios criou um projeto para receber as cartas destinadas ao Papai Noel. Depois que os pedidos chegam até a empresa, eles são lidos e disponibilizados para a população, que pode “adotar” uma cartinha e presentear a crianças com algo desejado por ela. Outros países do mundo também já criaram ações semelhantes.

Se encontrar algum erro ou tiver alguma sugestão de curiosidade, entre em contato através da nossa fanpage no Facebook

FONTE: Dr. Curioso

Compartilhe este artigo:

Veja mais