Como surgiu o esmalte de unha?

A tradição de pintar as unhas é muito antiga. O esmalte como conhecemos foi inventado em 1920.

Queridinho das mulheres, o esmalte é um item de beleza praticamente indispensável. Unhas bem feitas são sinal de beleza e capricho. E para muitas mulheres, quanto mais coloridas estiverem suas unhas, melhor! Os esmaltes são fabricados com uma imensa variedade de cores e tons, e se você acha que eles são chamados pelo nome de sua cor, está enganado. Eles recebem nomes muitas vezes, exóticos, engraçados e bastante diferenciados.

Foto: Reprodução InternetEsmaltes

O esmalte foi inventado em 1920, pela francesa Michelle Menard, inspirado em tintas para carros. A cor lançada era um tom rosado. Porém, a ideia de pintar as unhas é muito mais antiga.

As mulheres criaram o hábito de colorir as unhas pelos anos 3.000 a.C. Os primeiros registros feitos foram na China. Naquela época, as mulheres chinesas utilizavam uma mistura feita com cera de abelha, clara de ovo, gelatina e pétalas de flores.

No Egito, o material usado para a pintura das unhas era a henna vermelha. Para as egípcias, pintar as unhas de vermelho era privilégio de poucas e representava riqueza e poder. Mulheres menos favorecidas só podiam colorir suas unhas com cores claras, e durante o reinado de Cleópatra, a cor vermelha era exclusividade sua.

Os esmaltes que conhecemos hoje são feitos de maneira totalmente diferente de antigamente. A composição dos esmaltes consiste em nutri celuloses, solventes, resinas, plastificantes, aditivos e pigmentos.

As nutri celuloses formam uma espécie de película, que cobre e protege a unha. A resina serve para dar brilho, aderência e durabilidade ao produto, fazendo com que ele permaneça intacto pelo maior tempo possível. Os solventes tem a função de diminuir a viscosidade do esmalte, facilitando sua aplicação e diminuindo seu tempo de secagem. Os plastificantes também são responsáveis pela resistência, resistência e durabilidade da tinta. Os pigmentos são o que dão cor ao esmalte, e podem existir em grande diversidade, possibilitando a criação de uma variedade infinita de cores.

Foto: Reprodução InternetEsmaltes

Se encontrar algum erro ou tiver alguma sugestão de curiosidade, entre em contato através da nossa fanpage no Facebook

FONTE: Dr. Curioso

Compartilhe este artigo:

Veja mais