Como surgiu o bolo de casamento?

O bolo de casamento é um dos principais itens do grande dia. Descubra como ele foi inventado.

O bolo de casamento é um dos itens mais importantes da festa. Juntamente com os noivos, é quase uma estrela principal da festa, pois recebe uma atenção especial. É ao lado do bolo que os noivos realizam o tradicional brinde de casados e ele é a peça fundamental da mesa de doces. Ao chegar na festa, todos querem ver o bolo de casamento e aguardam ansiosos pelo momento em que ele será cortado.

Na Roma Antiga, o bolo tinha outra utilidade. Feito de trigo, frutas secas e mel, eles não eram degustados pelos convidados, mas sim esfarelados sobre a cabeça dos noivos. Eles acreditavam que, quanto mais farelos caíssem sobre os noivos durante esse ato, mais prosperidade e fertilidade eles teriam. Essa tradição romana se tornou o que hoje é a chuva de arroz.

Na antiga Grécia, os convidados recebiam biscoitos de gergelim e mel, simbolizando os momentos “doces e salgados” que existe em todo relacionamento.

Durante a Idade Média, surge o bolo em camadas. Isso porque nessa época, o costume era que os convidados presenteassem os noivos com pequenos bolos. Esses bolos eram colocados um em cima do outro e os noivos deveriam se beijar sobre a pilha de bolos. Se não os derrubassem, era sinal de que os noivos teriam sorte no casamento.

Foi na França, durante o século XVII que o bolo de casamento ganhou a importância que conhecemos hoje e também passou a ter aparência parecida com a que vemos atualmente. Apaixonada por culinária, quando Catarina de Médici se casou com o rei Henrique II, ela mandou que fosse fabricado um pão de ló decorado e feito em andares, para servir aos convidados. A ideia agradou e inspirou os casais da época, e os bolos de casamento foram virando tradição e ficando cada vez mais elaborados, possuindo diversas camadas, recheios deliciosos e uma decoração bastante caprichada.

Depois de alguns anos, os bolos de noiva passaram a ser cobertos de açúcar refinado. Porém, como era difícil de ser conseguido, esse ingrediente passou a ser sinal de riqueza: quanto mais branco fosse o bolo, mais dinheiro a família possuía. Posteriormente, no Reino Unido, durante a Era Vitoriana, a cor branca passou a ser sinônimo de pureza e virgindade, e os bolos de casamento começaram a ser decorados na cor branca.

Atualmente, a tradição dos bolos de noiva continua, porém, nem sempre sua aparência costuma ser tradicional. Hoje em dia são encontrados bolos para todos os gostos e preferências. Além disso, atualmente a maioria dos casamentos usa um bolo fake para a decoração e um bolo simples para servir para os convidados. Confira abaixo alguns bolos de casamento diferentes.

Foto: Reprodução InternetBolo de casamento
Foto: Reprodução InternetBolo de casamento
Foto: Reprodução InternetBolo de casamento
Foto: Reprodução InternetBolo de casamento
Foto: Reprodução InternetBolo de casamento
Foto: Reprodução InternetBolo de casamento

Se encontrar algum erro ou tiver alguma sugestão de curiosidade, entre em contato através da nossa fanpage no Facebook

FONTE: Dr. Curioso

Compartilhe este artigo:

Veja mais