Como surgiu o basquete?

Um dos esportes mais conhecidos do mundo, o jogo de basquete surgiu graças a aula de Educação Física.

O basquete foi criado nos Estados Unidos, na cidade de Massachussets, no ano de 1891. Seu criador foi o professor de educação física James Naisith.

O professor desenvolveu o jogo durante um rigoroso inverno, com o objetivo de fazer os alunos se interessarem pelas aulas mesmo com o frio. Porém, ele queria criar algo que pudesse ser praticado também durante o verão, ao ar livre.

Depois de muito pensar, ele chegou à conclusão de que o jogo deveria ter um bom grau de dificuldade, que estimulasse a competição, mas não poderia ser violento como o futebol americano, para evitar conflitos entre os alunos. Ele decidiu que o jogo deveria ser com arremessos e deveria ser jogado com as mãos.

O professor então inventou as regras e passou para os alunos. Para as primeiras partidas disputada, o professor utilizou cestas de pêssego para os alunos arremessarem a bola dentro. Ele fixou as cestas em duas pilastras, a uma altura de 3,05 metros. O problema dessas cestas era que, sempre que alguém acertava, um aluno precisava subir para retirar a bola para que o jogo pudesse continuar. Depois de um tempo, surgiu a ideia de furar o fundo das certas.

Depois de algumas partidas, o jogo foi aprovado pela diretoria do colégio e passou a ser praticado. O primeiro jogo oficial após a aprovação aconteceu em 11 de março de 1892.       

As primeiras cestas sem fundo foram desenhadas em 1892, por Lew Allen. Elas eram feitas de cilindros de madeira com a borda de metal. Em 1893, a Narraganset Machine & Co criou os aros de metal, com uma rede pendurada e a bola passou a ser adaptada para a nova cesta. No ano de 1985, as tabelas passaram a ser introduzidas no esporte.

No ano de 1936, o basquete foi incluso nos Jogos Olímpicos de Berlim. Atualmente, o basquete é um dos esportes mais apreciados no mundo dos esportes.

Foto: Reprodução InternetBasquete

Se encontrar algum erro ou tiver alguma sugestão de curiosidade, entre em contato através da nossa fanpage no Facebook

FONTE: Dr. Curioso

Compartilhe este artigo:

Veja mais