Como surgiu a capoeira?

Conheça a história da capoeira!

Criada durante o século 17, a capoeira é uma luta totalmente brasileira. Ela foi inventada por escravos africanos, como uma forma de resistência dos escravos trazidos ao Brasil enquanto o país ainda era uma colônia de Portugal. O objetivo da capoeira era preservar a identidade cultural dos escravos africanos, uma forma de aliviar o estresse do dia-a-dia e também uma maneira de treinarem sua defesa física, visto que os senhores de escravos os agrediam fisicamente sempre que algo não saia conforme a vontade deles.

Foto: Reprodução InternetCapoeira
A capoeira ajuda os escravos a se defenderem.

Proibidos de praticarem lutas, os escravos precisaram encontrar uma maneira de disfarçar seus treinamentos. Através da música, eles conseguiram a maneira ideal: transformaram os movimentos de luta em passos de dança, acompanhados pelo ritmo de seus instrumentos musicais e dessa mistura surgiu a capoeira.

A prática da capoeira geralmente acontecia em terreiros próximos às senzalas ou em campos com pequenos arbustos, chamados de capoeirão. E é devido a isso a origem do nome capoeira.

Foto: Reprodução Internet

A capoeira ficou proibida no Brasil até 1930, por ser considerada uma prática perigosa e que incitava a violência. Com o passar do tempo, essa luta passou a ser aceita e sua prática passou a ser liberada. Atualmente, a capoeira é considerada pela ONU um patrimônio imaterial da humanidade.

Estilos

A capoeira possui três estilos. O que diferenciam os estilos são os movimentos e os ritmos musicais de acompanhamento. Veja abaixo as características de cada estilo:

- Capoeira angola: Esse estilo faz uso de ritmo musical lento, golpes jogados baixos, mais próximos ao solo e possui muita malícia.

- Estilo regional: Criado pelo Mestre Bimba, esse ritmo mistura a malícia do estilo da capoeira angola com movimentos rápidos e secos. Esse estilo acompanhado pelo som do berimbau.

- Capoeira contemporânea: É uma mistura dos outros dois estilos existentes. É o mais praticado e conhecido atualmente.

Foto: Reprodução InternetCapoeira

Se encontrar algum erro ou tiver alguma sugestão de curiosidade, entre em contato através da nossa fanpage no Facebook

FONTE: Dr. Curioso

Compartilhe este artigo:

Veja mais