Como surgiram os fogos de artifício?

De origem chinesa, os fogos de artifício fazem um grande sucesso durante as comemorações do réveillon.

Os fogos de artifício são um dos principais elementos do réveillon. Eles embelezam o céu com suas cores e formam diferentes “desenhos” quando são estourados. Podemos até dizer que, sem eles, a virada do ano não é a mesma. Porém, nem sempre foi assim, quando criado, sua finalidade era outra.

Foto: HypescienceOs fogos de artifício foram criados na China.
Os fogos de artifício foram criados na China.

Por volta de dois mil anos atrás, um alquimista, acidentalmente, misturou nitrato de potássio, enxofre e carvão na China, e aqueceu a composição, que depois de seca, se transformou em um pó preto. A mistura tinha a capacidade de criar muita fumaça e chamas, sendo batizada de “hou yao” (fogo químico, em chinês), a conhecida pólvora, que serve de base para os fogos de artifício.

A utilidade desse material, na época, era usá-lo como uma arma de guerra, impulsionando projéteis em armas de fogo.

Há milhares de anos antes de Cristo, os chineses descobriram que, quando o bambu verde era colocado no fogo, ele explodia, causando um forte barulho. Isso acontece devido as bolsas de ar que se formam no interior da planta.

Inicialmente, a descoberta assustou as pessoas, mas, foi adotada durante festividades, onde os caules eram jogados em fogueiras, com o objetivo de espantar maus espíritos com as explosões.

Buscando uma forma de melhorar a “arma” contra o espíritos, observou-se que, quando o vazio do bambu era preenchido com o fogo químico, o estouro resultante era muito maior. Surgiram assim os primeiros fogos de artifício semelhantes aos que conhecemos hoje.

No século 12, eles passaram a ser usados no meio pirotécnico, porém, não alcançavam o céu. Eles eram estourados no chão, somente pelo barulho e fumaça. No século 14, o item foi “repaginado” e os fogos de artifício ganharam cores, quando moradores de Florença resolveram usá-lo para celebrar São Giovani.

Com o passar dos anos, o material foi se aperfeiçoando e foi ganhando espaço nas comemorações. Segundo dados históricos, a primeira queima de fogos no Brasil aconteceu em 1500, quando o país foi descoberto pelos navegadores portugueses.

Hoje, a queima de fogos é uma tradição no réveillon e em grandes eventos, como abertura de competições esportivas e shows musicais.

Foto: Gabriel Monteiro / RioTur / DivulgaçãoOs fogos de artifício fazem parte das comemorações de ano novo.
Os fogos de artifício fazem parte das comemorações de ano novo.

Se encontrar algum erro ou tiver alguma sugestão de curiosidade, entre em contato através da nossa fanpage no Facebook

FONTE: Dr. Curioso

Compartilhe este artigo:

Veja mais