Como surgiram as primeiras armas de fogo?

Esse polêmico item divide opiniões quanto a seu uso em todo o mundo.

As armas de fogo são objetos que causam muitas coisas, muitas vezes opostas. Quando se encontram nas mãos de criminosos, elas nos transmitem insegurança, mas quando seu proprietário é um policial, com certeza nos sentimos mais seguros. Esse polêmico item divide opiniões quanto a seu uso em todo o mundo.

As armas de fogo são encontradas em uma extensa variação de tamanho, peso, calibre, finalidade de uso, etc. O desenvolvimento bélico surgiu a partir da descoberta da pólvora, pelos chineses, entre os séculos XV e XVI d.C. Antes da primeira arma de fogo com a aparência que conhecemos hoje ser inventada, os chineses inventaram algumas armas utilizando bambus. Pequenos pedaços de rocha eram utilizados como munição, e saiam da “arma” após a explosão de uma mistura feita de carvão, enxofre e salitre.

Após essa novidade, a primeira arma de fogo portátil a ser inventada foi chamada de mosquete e pesava cerca de 10 quilos. Para realizar o disparo, a pólvora e a bala precisavam ser colocadas pelo cano da arma. Seu peso fazia com que esse armamento não fosse tão fácil de carregar, fazendo com que o uso da espada fosse mais prático.

No século XVII surge o fuzil de pederneira para substituir o mosquete. Com ela, era possível realizar três disparos em um minuto. Porém, da mesma forma que o mosquete, a munição precisava ser colocada pelo cano, o que era um problema. No século XVIII, surge o fuzil de retrocarga, onde as munições passaram a ser em cápsulas, que eram colocadas em um compartimento da parte de trás da arma, facilitando a vida do atirador.

No século XIX surge um dos nomes mais famosos envolvendo a história das armas de fogo no mundo: Samuel Colt. Ele foi o responsável por desenvolver e patentear o revólver. Essa arma apresentava uma grande vantagem, pois possuía um tambor giratório que possibilitava realizar vários tiros somente pressionando o gatilho em sequência.

Segundo alguns historiadores, a ideia de Colt de criar uma arma de fogo surgiu a partir de uma enciclopédia científica que ele gostava de ler quando criança e também do desejo de criar uma arma “impossível”. A roda de um navio em que fez viagem em 1832 também pode ter sido uma das fontes de inspiração do inventor.

Neste mesmo século surgiu a metralhadora, criada pelo inglês Hiram Maxim. A arma, assim como é atualmente, possibilitava uma grande sequência de tiros em apenas um minuto.

Uma das armas muito utilizadas pelas forças de segurança brasileira, o fuzil, surgiu no século XX. A partir dessa criação, variações da arma foram surgindo, como o fuzil 7.62, AK-47, AR15, entre muitos outros.

Com o passar dos anos e as novidades tecnológicas, muitas empresas se especializaram na criação de armas de fogo, existindo hoje diversos modelos de armas, com diversas finalidades, como por exemplo, armas feitas com a finalidade de serem utilizadas na segurança pública, outras para guerras e até mesmo armas ideais para caça. Uma grande polêmica envolvendo esses objetos é quanto ao seu uso por parte da população. Infelizmente, um alto número de armas acaba parando nas mãos de bandidos, fazendo que esse item de segurança ameace a vida das pessoas.

Foto: Reprodução Internetarmas de fogo

Se encontrar algum erro ou tiver alguma sugestão de curiosidade, entre em contato através da nossa fanpage no Facebook

FONTE: Dr. Curioso

Compartilhe este artigo:

Veja mais