Como é feita a fertilização in vitro?

Conheça o passo a passo desse procedimento.

Ter um filho ou filha é o sonho da maioria dos casais. Alguns optam por tê-los mais cedo, outros mais tarde. Existem pais que querem apenas um filho, outros que querem muitos filhos. Porém, há também os casais em que a mulher não consegue engravidar de forma natural (o “problema” pode ser tanto da mulher, quanto do homem), sendo necessário optar por algum tratamento.

A fertilização in vitro é uma das opções para casais inférteis. Na técnica, o óvulo é fecundado em laboratório, fora do corpo da mulher. Quando as mulheres tem até 35 anos, as chances da fertilização dar certo são de 50%.

Foto: Reprodução InternetGravidez
 

Esse procedimento foi desenvolvido pelo fisiologista inglês Robert Edwards, no ano de 1978.

Etapas

Para realizar a fertilização, algumas etapas são seguidas. Veja abaixo:

1 – O casal precisa fazer vários exames. Eles servem para saber sobre a saúde dos candidatos a pais, para conferir se está tudo bem. O homem, passa por um exame chamado espermograma, que serve para ver a quantidade e qualidade dos espermatozoides.

2 – A mulher aplica diariamente injeções com doses de hormônio por um período de 10 a 12 dias. Isso serve para que o corpo produza mais óvulos, pois naturalmente, o corpo feminino só produz um óvulo por ciclo, mas para realizar a fertilização in vitro, são necessários vários. Através de ultrassons, é acompanhado o crescimento dos folículos, uma espécie de bolsa onde ficam os óvulos.

3 – Quando os folículos chegam a 18 milímetros, os óvulos são extraídos do corpo da mulher. Eles são rapidamente armazenados em uma incubadora, que simula o ambiente do corpo da mulher.

4 – Com o auxílio de um microscópio, os óvulos maduros são selecionados. O sêmen masculino é obtido através da masturbação, e em seguida, ele passa por uma centrífuga, que irá separar os espermatozoides para serem usados.

5 – Na fertilização in vitro tradicional, os espermatozoides são colocados em contato direto com o óvulo, dentro das incubadoras. Como na reprodução comum, haverá “vencedores”, que serão os que irão fecundar os óvulos. Quando um óvulo é finalmente fecundado, os pré-embriões se desenvolvem em um ambiente controlado por cinco dias.

6 – Depois dos cinco dias, a mulher tem os pré-embriões introduzidos em seu útero. O procedimento é feito através de um cateter.

7 – Quando se passarem duas semanas, é feito um teste de laboratório, que dirá se a fertilização teve sucesso ou se a gravidez não foi bem sucedida.

O processo da fertilização in vitro tem um custo bem alto, e por esse motivo, infelizmente muitas pessoas desistem de tentar o procedimento. No total, são gastos cerca de R$ 15 mil em cada tentativa de fertilização.

Foto: Reprodução InternetBebê

Se encontrar algum erro ou tiver alguma sugestão de curiosidade, entre em contato através da nossa fanpage no Facebook

FONTE: Dr. Curioso

Compartilhe este artigo:

Veja mais