Como a poluição do ar afeta a saúde das pessoas?

Somente no Brasil, morrem cerca de 50 mil pessoas todos os anos por causa de doenças que afetam os pulmões.

A poluição do ar é um dos principais problemas que as pessoas enfrentam atualmente. Uma pesquisa feita em 2018 pela OMS (Organização Mundial da Saúde) apontou que, a cada dez pessoas, nove estão expostas a concentrações poluentes acima do aceitável. Somente no Brasil, morrem cerca de 50 mil pessoas todos os anos por causa de doenças que afetam os pulmões.

Os pulmões são uma espécie de filtro do ar. Eles são responsáveis por oxigenar o sangue e eliminarem o dióxido de carbono do organismo. Porém, devido ao ar cada vez mais poluído, esses órgãos tem sido prejudicados cada vez mais.

Os materiais particulados (aqueles, que sujam os edifícios, que parecem uma cinza) são os maiores vilões do corpo humano. Eles entram no organismo a partir da respiração e, depois de alcançarem o pulmão, se espalham pela corrente sanguínea.

Como resultado, a pessoa pode apresentar doenças ou piorar aquelas que ela já possuía, como asmas e bronquites. A longo prazo, o contato pode causar problemas mais graves, como câncer de pulmão, ataque cardíaco e até derrame cerebral.

Foto: Reprodução InternetA poluição do ar é um dos principais causadores de doenças respiratórias.
A poluição do ar é um dos principais causadores de doenças respiratórias.

Para quem acredita que é um exagero relacionar essas doenças com a poluição do ar, estudos já comprovaram a relação entre eles. Alguns estudos indicam que o simples fato de suspender a circulação de veículos nas grandes cidades por um determinado período, é o suficiente para “melhorar” esse problema.

E, como em outras doenças, os mais afetados pelos problemas respiratórios decorrentes da poluição são as crianças e idosos. Nos bebês, o caso é ainda mais grave, pois o calibre das vias aéreas é menor, ficando obstruído facilmente.

Como se proteger?

Além dos problemas de saúde, a poluição do ar traz outra preocupação: a proteção. Sem o ar, não respiramos, e sem a respiração, obviamente morremos. Mas, se o ar não tem boa qualidade, o que fazer?

A solução pode parecer bem óbvia: diminuir a poluição. Mas, essa medida depende de ações coletivas e que muitas vezes envolvem o poder público.

Os cidadãos comuns podem tomar algumas atitudes que podem contribuir para a evitar a emissão de poluidores, como controle do escapamento de veículos para emitir menos poluentes, maior uso do transporte coletivo e de energias renováveis.

Individualmente, a proteção pode ser feita com o uso de máscaras (muito comum em países asiáticos), uso de umidificadores de ar (principalmente em regiões de ar muito seco), etc. Para quem gosta de praticar esportes, como corrida, é importante evitar fazê-la em locais próximos ao fluxo de trânsito. Quanto mais perto dos carros, maior a poluição e, durante exercícios, o corpo exige maior frequência respiratória.

No caso de bebês e crianças, higienizar a narina com soro duas vezes ao dia contribui para prevenir o problema.

Se encontrar algum erro ou tiver alguma sugestão de curiosidade, entre em contato através da nossa fanpage no Facebook

FONTE: Dr. Curioso

Compartilhe este artigo:

Veja mais