“Chuva sólida” pode ser a solução para os problemas da seca; Confira!

Essa nova forma de irrigação promete economizar água e até mesmo custos da plantação.

A chuva é a responsável pelo reabastecimento da água em todo o Planeta Terra. Sem ela, a seca se torna um problema muito grande, prejudicando plantações e os seres vivos em geral. Segundo dados da ONU (Organização das Nações Unidas), a maior parte da água doce do mundo é utilizada na agricultura, muitas vezes ocasionando a falta de água para o consumo humano.

Foto: Reprodução InternetChuva sólida

Pensando em uma forma de fazer a água usada nas plantações render mais, o mexicano Sérgio Jesus Rico Velasco criou a “chuva sólida”. O material utilizado pelo engenheiro químico é um pó que possui a capacidade de absorver uma grande quantidade de água e que libera o líquido aos poucos, fazendo com que as plantas recebam água durante mais tempo, sobrevivendo então aos períodos de seca.

O material, que é um tipo de polímero absorvente, foi desenvolvido pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) em 1970, quando foi utilizado na fabricação de uma goma superabsorvente que seria usada em fraldas descartáveis.

Velasco queria aproveitar tal pó para algo mais importante do que fraldas, pois isso criou e patenteou uma versão da fórmula que fosse biodegradável e pudesse ser misturada com o solo. Há pelo menos 10 anos o produto é utilizado no México e tem resultado na ampliação das colheitas. Para que um litro de água seja absorvido, é necessário somente 10 gramas do pó absorvente, que é capaz de absorver até 200 vezes o seu peso em líquido. A chuva sólida ainda pode fornecer água para as plantas por até 40 dias.

A chuva sólida é comercializada através da empresa Silos de Água, criada pelo próprio inventor do produto, e já está sendo exportada para alguns países. Agricultores da Argentina, Índia, França, Israel e Espanha são apenas alguns dos clientes de Velasco.

Além de economizar água, o produto ainda promete diminuir os custos da produção, utilizando menos fertilizantes, energia elétrica e até mão de obra.

Foto: Reprodução InternetChuva sólida

Se encontrar algum erro ou tiver alguma sugestão de curiosidade, entre em contato através da nossa fanpage no Facebook

FONTE: Dr. Curioso

Compartilhe este artigo:

Veja mais