Cerejas em calda podem não ser feitas com a fruta; Descubra a verdade

Por causa do alto preço das cerejas, a maioria das padarias e confeitarias opta por comprar cerejas feitas a partir do chuchu, cujo custo é bem baixo.

Você provavelmente já sabe que muitos alimentos que consumimos, não são exatamente o que pensamos ser. Um dos exemplos é o kani kama, muito usado na culinária japonesa. Outro “golpe” que sofremos é em relação às cerejas em calda. Muitas delas são realmente de cerejas, mas a maioria, na verdade, é feita de chuchu.

Por causa do alto preço das cerejas, a maioria das padarias e confeitarias opta por comprar cerejas feitas a partir do chuchu, cujo custo é bem baixo. Para transformar esse legume nas cerejas, ele é transformado em bolinhas, que são embebidas em groselha.

Isso é possível porque o chuchu é um vegetal que possui um sabor neutro, ou seja, gosto de nada. Com isso, ele tem a capacidade de “adquirir” o sabor de outras coisas.

É importante ressaltar que nem todas as cerejas em calda são fakes. Muitas marcas usam a fruta verdadeira para produzir o ingrediente, tão usado em sobremesas e na confeitaria.

Foto: Reprodução InternetParte das cerejas em calda vendidas nos mercados são feitas de chuchu.
Parte das cerejas em calda vendidas nos mercados são feitas de chuchu.

Como diferenciar a cereja de verdade e a de chuchu?

A forma mais fácil de diferenciar o produto original do falso, é observando o rótulo. Na parte da composição, estará escrito se o produto é feito de cerejas ou de chuchu. Se não for possível ter acesso a essa informação, basta fazer uma análise da fruta.

A primeira característica da cereja de chuchu é a perfeição quanto ao seu formato. As cerejas verdadeiras não são perfeitamente redondas. Outro aspecto que pode ser observado é a textura. Apesar de serem muito semelhantes, a original terá o caroço no meio, ou pelo menos, o buraco que fica quando ele é retirado.

Como fazer cereja de chuchu?

A parte boa desse tipo de fabricar cereja, é que qualquer pessoa pode fazê-las em casa.

O primeiro passo é cozinhar o chuchu até que fique al dente. Em seguida, usando um boleador, deve ser retiradas as bolinhas de chuchu.

Com as bolinhas prontas, é preciso coloca-las em água com cal virgem culinária e levar ao fogo até que comece a ferver, e espere por três horas. Isso é necessário para que as bolinhas fiquem firmes por fora e macias por dentro.

A próxima etapa é colocar as bolinhas em calda quente de groselha, levando ao fogo brando. Quando as bolinhas descerem para o fundo da panela, o fogo deve ser desligado e as futuras cerejas retiradas da calda.

Na calda, deve ser acrescentado um copo de açúcar e levada para ferver novamente. Após fervura, as bolinhas retornam para a calda, até que ela esfrie. Para finalizar, é só acrescentar licor marasquino.

Se encontrar algum erro ou tiver alguma sugestão de curiosidade, entre em contato através da nossa fanpage no Facebook

FONTE: Dr. Curioso

Compartilhe este artigo:

Veja mais