As cinco maiores tragédias do futebol

Nem sempre o futebol tem sido um esporte de paz e alegria. Confira alguns jogos que terminaram em confusão e mortes.

O futebol deveria ser um esporte onde a rivalidade é enfrentada de forma saudável e sem violência. Ir ao estádio e voltar para casa após o jogo, em segurança e tranquilo, deveria ser algo completamente normal. Porém, essa não é a realidade.

A intolerância e a violência já fazem parte do futebol e, infelizmente, tem causado cada vez mais vítimas. Está se tornando comum o uso de agressões aos torcedores rivais e pasmem, até aos torcedores do mesmo time. A polícia tem sido cada vez mais solicitada para interferir na arquibancada. Uma realidade que tem ficado cada vez mais triste.

Porém, acredite, já existiram situações muito mais graves do que as que vemos atualmente. Veja agora quais foram os cinco episódios que mais deixaram mortos e feridos na história do futebol.

1 – Peru x Argentina
Em 1964, no Torneio Pré-Olímpico, em Lima (Peru), houve uma tragédia que deixou 318 torcedores mortos e mais de 500 feridos. A Argentina estava ganhando o jogo por 1 a 0 e o juiz anulou um gol do Peru. O fato deixou a torcida furiosa, com torcedores invadindo o gramado e jogando pedras e garrafas nos jogadores, arbitragem e atingindo diversos torcedores. Muitos torcedores acabaram sendo esmagados com a confusão.

2 – Hearths of Oak x Kumasi Ashanti Kotoko
Pelo Campeonato Ganes, em Accra (Gana), 126 pessoas morreram e 90 ficaram feridas. A confusão aconteceu em 2001. A briga aconteceu entre as torcidas de maior rivalidade do futebol ganês. A polícia tentou intervir usando bombas de gás lacrimogênio, porém, quem tentou escapar da confusão, encontrou as saídas de emergência trancadas, o que prejudicou muitos inocentes.

3 – Nottingham Forest x Liverpool
Na cidade de Sheffield, Inglaterra, 96 pessoas foram mortas e mais de 200 ficaram feridas em uma partida pela Copa da Inglaterra, no ano de 1989. A tragédia aconteceu porque o estádio estava superlotado e cerca de 5 mil torcedores, que não tinham ingressos, forçaram a entrada no local até a polícia abrir os portões. A tragédia só não foi pior porque muitos torcedores pularam para dentro do gramado.

4 – Muktijodha x Janakpur
No ano de 1988, no Katmandu (Nepal), 93 torcedores morreram e mais de 100 feridos foram protagonistas de um amistoso. Apesar da rivalidade entre os torcedores, o motivo da confusão não foi somente por conta das brigas entre a torcida. Uma forte chuva de granizo fez com que a multidão corresse para se proteger, o que resultou em pessoas pisoteadas e esmagadas contra os portões.

5 – Guatemala x Costa Rica
Foram 84 mortos e 150 pessoas feridas, pelas Eliminatórias da Copa. A partida aconteceu na Cidade da Guatemala, no ano de 1996. O Estádio Mateo Flores tinha apenas capacidade para receber, no máximo, 45 mil pessoas. Porém, cerca de 60 mil ingressos foram vendidos. O resultado foi diversos torcedores espremida no alambrado. Com a tragédia, a Fifa interditou o estádio por dois anos.

Se encontrar algum erro ou tiver alguma sugestão de curiosidade, entre em contato através da nossa fanpage no Facebook

FONTE: Dr. Curioso

Compartilhe este artigo:

Veja mais