As 10 raças de cavalo mais bonitas do mundo

Os cavalos são animais muito bonitos, e algumas raças se destacam. Confira.

Os cavalos são animais adoráveis e muito belos. Esses mamíferos são queridos por pessoas de todas as partes do mundo. Antigamente, eles eram muito usados em guerras e, até pouco tempo atrás, muito usados para auxiliar na agricultura, quando ainda não havia máquinas modernas como atualmente. Os cavalos também serviam como meio de transporte, puxando carroças, carruagens, etc.

Hoje em dia, para muitas pessoas, o cavalo é um bicho de estimação. E, assim como os gatos e cães, muitos deles recebem tratamento especial, principalmente os de melhores raças. Raças essas, que normalmente, são as mais bonitas.

Conheça as 10 raças de cavalo mais bonitas do mundo.

1 – Akhal-Teke

Ele é famoso por sua incrível pelagem, que possui um brilho metálico, por sua velocidade, inteligência, resistência. Sua estrutura é mediana e seu corpo é longo, estreito e tubular.  Seu pescoço é comprido e fino e sua cabeça possui um perfil retilíneo. Ele é um cavalo de deserto, que se originou entre 3.000 a.C e 2.000 a.C.

Foto: Reprodução Internetakhal teke
 

2 – Gypsy Vanner

A raça foi desenvolvida por ciganos europeus há aproximadamente 100 anos. Esses cavalos possuem longas pernas, revestidas por uma pelagem comprida, que na maioria das vezes é preta e branca. Eles são fortes e resistentes, podendo andar por longas distâncias com pouca água e comida. Também são muito dóceis, por isso se relacionam muito bem com as pessoas, principalmente com crianças.

Foto: Reprodução InternetGypsy Vanner
 

3 – Frísio

Originário da Friesland, na Holanda, ele é o cavalo mais ágil para o tamanho que possui. A raça é a única dos Países Baixos que sobreviveu ao longo dos séculos. Seu temperamento é dócil, seu físico é robusto e forte. Normalmente, ele chega aos 1,60 metros de altura. Seus membros são curtos e fortes, com corpo compacto e musculoso e crina espessa e volumosa. Sua pelagem é de cor preta.

Foto: Reprodução Internetfrisio
 

4 – Cavalo Árabe

A raça é a mais antiga entre os cavalos. Ele tem origem da Península Arábica e possui uma cabeça distinta dos outros cavalos – refinada, em forma de cunha, testa larga, olhos grandes, narinas grandes e focinho pequeno. Sua cauda é alta, ele possui excelente velocidade, refinamento, resistência e ossos saudáveis. Outra característica da raça é o pescoço, que é arqueado, com traquéia grande e bem definida.

Foto: Reprodução Internetcavalo arabe
 

5 – Morgan

A raça foi desenvolvida nos EUA em 1789 e é conhecida por sua versatilidade e uso nas disciplinas inglesas e ocidentais. Sua pelagem pode ser de várias cores, incluindo muitas variações de malhado. Possui uma face expressiva, com olhos grandes e pescoço ligeiramente arqueado. São bastante energéticos, inteligentes e muito obedientes.

Foto: Reprodução Internet/Leslie Pottermorgan
 

6 – British Spotted Pony

Encontrados há cerca de 25 mil anos atrás, a raça é considerada moderna e muito elegante. Todos os anos, menos de 200 animais da raça nascem no Reino Unido. Ele é muito cobiçado por amantes de cavalos.

Foto: Reprodução InternetBritish Spotted Pony
 

7 – Mustangue

Uma das raças mais caras do mundo, o mustangue é referido como sendo um cavalo selvagem. Com origem europeia, ele é descendente dos cavalos domésticos e são muito velozes. Seu corpo é pequeno, porém muito vigoroso e a raça é muito valente. Seu pescoço é curto, sua cabeça pequena e seus olhos são bastante expressivos. Ele é rápido, forte e pode sobreviver em regiões áridas e montanhosas.

Foto: Reprodução Internetmustangue
 

8 – Andaluz

Também conhecido como cavalo espanhol e por cavalo colonizador, ele é originário da Península Ibérica e é famoso por ser um cavalo de guerra. A raça foi usada pelo governo espanhol como uma ferramenta da diplomacia. O andaluz é um cavalo nobre e dócil, com temperamento vivo. As características da raça são a força, rusticidade, incrível resistência e movimentos ágeis. A pelagem mais comum da raça é de cor castanha, alasão ou tordilho.

Foto: Reprodução Internetandaluz
 

9 – Marwari

De origem indiana, a raça é pouco encontrada atualmente. Ela ficou famosa por sua resistência e por ter a ponta das orelhas de giro interior. O casco desses cavalos é bastante forte, sendo necessário ferrá-lo somente quando o cavalo costuma andar em terreno com pedras. A pelagem é fina e sedosa, encontrada em diversas colorações. Excelente esportista e fácil de disciplinar, a raça foi usada pela cavalaria durante muito tempo.

Foto: Reprodução InternetMarwari
 

10 – Haflinger

Desenvolvido na Áustria e Itália do Norte durante o século 19, eles são de tamanho pequeno e possuem cor castanha. Sua forma de caminhar é enérgica, suave e elegante. Seu corpo é compacto, com peito e dorso amplos. O comprimento do seu corpo pode chegar aos 145 centímetros. Os olhos dos cavalos dessa raça são expressivos e grandes e as orelhas são pequenas. A crina e a cauda dos haflingers geralmente é branca. Até hoje eles são usados pelos exércitos austríaco e alemão para trabalho em terrenos acidentados. A raça também é conhecida como Avelignese.

Foto: Reprodução InternetHaflinger

Se encontrar algum erro ou tiver alguma sugestão de curiosidade, entre em contato através da nossa fanpage no Facebook

FONTE: Dr. Curioso

Compartilhe este artigo:

Veja mais