Alimentos que ajudam o cérebro a trabalhar melhor

Uma alimentação não faz milagres, mas ela pode ser uma boa aliada do cérebro quando o assunto é evitar doenças neurológicas.

Hoje em dia, a correria do dia a dia faz com que as pessoas queiram fazer as tarefas da forma mais rápida possível. E, isso inclui a alimentação. Comidas industrializadas e gordurosas geralmente ficam prontas mais rápido, porém, elas são inimigas de uma vida saudável. No caso do nosso cérebro, existem alguns alimentos bastante saudáveis que fazem com que ele funcione melhor.

Uma alimentação não faz milagres, mas ela pode ser uma boa aliada do cérebro quando o assunto é evitar doenças neurológicas. A dieta mediterrânea, por exemplo, diminui os riscos de uma pessoa desenvolver Alzheimer e Parkinson.

Para que os leitores do Dr. Curioso possam se alimentar de forma mais saudável e contribuir com o bom funcionamento do cérebro, nós separamos uma lista de alimentos que ajudam nossos neurônios a trabalhar. Confira!

Frutas cítricas e verduras

Esses alimentos devem ser consumidos pois são ricos em vitamina C, que tem como uma de suas consequências no organismo melhorar o desempenho cognitivo. Essa vitamina participa da produção das biomoléculas que são responsáveis por transmitir informações entre os neurônios, chamadas de neurotransmissores.

Abacate

O abacate ajuda na prevenção da deterioração cognitiva, pois possui um tipo de ácido graxo e alguns fitoquímicos. O azeite de oliva e outras fontes de gorduras monoinsaturadas também proporcionam esse benefício

Cacau e canela

Esses alimentos, quando consumidos puros, são bastante ricos em polifenóis, que ajudam a prevenir a perda cognitiva, formando uma espécie de proteção para os neurônios.

Nozes

Elas ajudam a proteger as artérias do coração e reduzir a pressão arterial, o que consequentemente, é bom para o cérebro. Isso acontece porque elas possuem um tipo de ácido graxo ômega-3, chamado de ácido alfalinolênico.

Pescado azul

Os pescados azuis também são ricos em ácido graxo ômega-3. No caso desses peixes, o consumo resulta na prevenção ao Alzheimer e também a um menor declínio cognitivo.

Se encontrar algum erro ou tiver alguma sugestão de curiosidade, entre em contato através da nossa fanpage no Facebook

FONTE: Dr. Curioso

Compartilhe este artigo:

Veja mais