O que muda na vida de Meghan após casar com o príncipe Harry?

Confira também alguns fatos curiosos e interessantes sobre o casal.

Neste sábado, dia 19 de maio de 2018, acontece um dos principais eventos do ano: o casamento entre o príncipe Harry e a ex-atriz Meghan Markle. O evento será realizado no Castelo de Windsor, na Inglaterra, e inicia às 12h local (8h no horário de Brasília). Observação: Provavelmente, quando você ler esta matéria, o evento já estará acontecendo.

O casamento será digno da realeza britânica. Serão 600 convidados para a cerimônia, 200 para a festa noturna e 2.640 pessoas poderão assistir ao casamento de dentro das muralhas do castelo.

Todo casal tem diversas mudanças na vida após o casamento. Porém, Meghan terá algumas alterações estranhas para quem não faz parte da realeza, mas que são necessárias quando se entra para a Família Real da Inglaterra. Confira abaixo algumas dessas mudanças exigidas:

Sair das redes sociais

Meghan teve que apagar as contas que possuía em redes sociais. No Twitter, ela tinha em torno de 350 mil seguidores. No Instagram, 1,9 milhão de fãs. Porém, esses perfis tiveram que ser apagados em janeiro deste ano. Porém, ela não ficará totalmente sumida das redes sociais. Após o casamento, ela terá um perfil oficial, que será gerenciado pela equipe de comunicação do Palácio de Kensington.

Sem expressar opiniões políticas

Como integrante da família real, Meghan não terá mais o direito de votar, de participar das eleições e muito menos de dar sua opinião a respeito de assuntos políticos ou polêmicos.

Antes do casamento, ela participou de programas de TV onde falou a respeito de Donald Trump, presidente dos EUA. Na ocasião, ela o chamou de misógino. Ela também já expressou opinião através do Instagram, quando publicou uma imagem contrária ao Brexit, após o Reino Unido votar a favor da saída da União Europeia.

Ser britânica

Meghan precisará se tornar algo que não é simples: conseguir cidadania britânica. O processo é difícil e para ser aprovado, o candidato precisa responder a perguntas bem específicas sobre o país.

Sem trabalhar

Meghan ficou conhecida por ser atriz e participar de algumas séries americanas, principalmente por seu papel em Suits, quando interpretou Rachel Zane. Ela também gerencia seu próprio site, fazendo colaborações com marcas diferentes. Porém, agora sua profissão será dedicar-se em representar o Reino Unido nos eventos oficiais.

Foto: Reprodução InternetMeghan Markle e Harry
 

Veja também algumas curiosidades sobre o casal:

– O primeiro encontro dos dois foi realizado as cegas, por um amigo de Harry;

– Eles namoraram por 14 meses. O pedido de casamento aconteceu em novembro de 2017;

– O pedido de casamento aconteceu em um jantar na cozinha de casa, enquanto ambos assavam um frango.

– Meghan participou pela primeira vez do natal da família real em 2017;

– A ex-atriz será a primeira americana e a primeira afrodescendente a entrar para a família real;

– Meghan tem um grande histórico de luta feminista e de combate ao racismo;

– Tanto o príncipe quanto a noiva possuem uma coisa bastante nobre em comum: ambos são engajados em causas humanitárias;

– O anel de noivado dado a Meghan homenageia a mãe de Harry, a princesa Diana. Na peça, foram usadas duas pedras que pertenciam a princesa.

– Todos os padrões esperados por uma esposa de príncipe foram quebrados: Meghan é divorciada, é mais velha que o noivo e não possui nenhum título de nobreza.

Veja também: Como é comemorado um casamento judaico?

10 coisas que não devemos fazer quando somos convidados para um casamento

Foto: Reprodução InternetMeghan Markle e Harry
Informações retiradas do site G1.com.

Se encontrar algum erro ou tiver alguma sugestão de curiosidade, entre em contato através da nossa fanpage no Facebook

FONTE: Dr. Curioso

Compartilhe este artigo:

Veja mais